Está aqui

Hospital de Santa Maria retoma consultas de IVG

O Hospital de Santa Maria, em Lisboa, contratou mais enfermeiros especialistas em saúde materna e obstétrica, voltando a assegurar as primeiras consultas de interrupção voluntária da gravidez, que estavam interrompidas desde o início de janeiro.
Hospital de Santa Maria retoma consultas de IVG
No passado dia 12 de janeiro, soube-se que, no Hospital de Santa Maria, as consultas de interrupção voluntária da gravidez (IVG) tinham sido suspensas “por tempo indeterminado” e transferidas para a privada Clínica dos Arcos.

No passado dia 12 de janeiro, soube-se que, no Hospital de Santa Maria, as consultas de interrupção voluntária da gravidez (IVG) tinham sido suspensas “por tempo indeterminado” e transferidas para a privada Clínica dos Arcos. Em declarações à Lusa, esta quinta-feira, o presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Lisboa Norte lembrou que tiveram de ser recrutados novos enfermeiros especialistas, porque o hospital se deparou com um grave carência destes profissionais.

Carlos Martins afirmou que tem “assegurado que estão garantidas todas as condições” para retomar a plena atividade na área de saúde materna e obstetrícia, no caso concreto das primeiras consultas de IVG, que estavam interrompidas desde o início de janeiro.



“Retomamos hoje as primeiras consultas”, confirmou o administrador, lembrando que a situação de carência de enfermeiros especialistas levou-o a tomar “medidas extraordinárias”, que passaram por enviar as utentes para unidades privadas com convenção com o Serviço Nacional de Saúde, mas sem colocar em causa “a capacidade e o tempo de resposta”.

Segundo explicou Carlos Martins, o Hospital de Santa Maria, o maior do país, iniciou um processo de recrutamento de enfermeiros especialistas, tendo contratado 160 horas semanais, para a urgência e em regime de prestação de serviço, o que equivale a quatro enfermeiros em tempo integral, a partir deste mês. Há ainda oito contratos de enfermeiros especialistas a aguardar autorização final no Ministério das Finanças.

“Teremos em fevereiro quatro enfermeiros a tempo integral na urgência e oito novos enfermeiros especialistas a trabalhar connosco, mas não iremos parar por aqui. O planeamento que temos em termos de recomposição dos recursos humanos em carreira de enfermagem, de especialistas, terminará a 30 de junho”, afirmou Carlos Martins.

A Associação para o Planeamento da Família disponibiliza, no seu site, informações úteis sobre “Aborto e Interrupção da Gravidez” - ver aqui.

Termos relacionados Sociedade
(...)