Está aqui

Hackers encontram-se em Leipzig

Apresenta-se como a “maior associação de hackers da Europa”. O Chaos Computer Club iniciou o 35º Congresso esta sexta-feira. Durará quatro dias e vai discutir o estado do mundo digital: das eleições sem boletins de voto, ao sistema chinês de crédito social ou ao precariado.
Foto de Thierry Ehrmann/Flickr

Podia ser classificado como o inverso da Web Summit que ocorreu em Lisboa. Em Leipzig os bilhetes esgotaram e são esperadas mais de 16 mil pessoas. Mas o Congresso do Chaos Computer Club não procura o lucro. Afirma-se “uma alternativa aos eventos comerciais” na busca de trabalho e pesquisa colaborativa.

O lema é “refrescar memórias” porque, escrevem os organizadores, “vivemos tempos assustadores de ignorância da ciência e da verdade e de populismo”.

O Chaos Computer Club é um grupo descentralizado que se define como “mediador no campo do desenvolvimento técnico e social”.

Este coletivo assume a ética “hacker” inspirada no livro de Steven Levy, Hackers: Heroes of the Computer Revolution. Partilhar, descentralizar, proteger a privacidade e aumentar a liberdade de informação são alguns dos seus imperativos.

Ao longo dos próximos dias o programa será intenso. Nos painéis iniciais, Guy Standing já falou de precariado, J. Alex Alex Halderman abordou os problemas de segurança da infraestrutura de voto eletrónico norte-americana e Antonia Hmaidi analisou o sistema de crédito social que o governo chinês pretende implementar nacionalmente em 2020.

As linhas de discussão passam pela “arte e cultura”, sobre a beleza criada digitalmente, pela “ética, sociedade e políticas” sobre as questões relacionadas com a “digitalização de todos os aspetos da vida” e os ativismos possíveis, pelo “hardware e realização”, focado na criação concreta de tecnologia e no seu “uso soberano”, pelos problemas de “segurança” e pela “ciência”, onde se abordarão questões como as alterações climáticas, ou pela “resiliência” sobre formas de “conduzir a um mundo onde seja melhor viver”.

Para além de palestrantes convidados e comunicações submetidas ao estilo académico, o congresso contará ainda com várias assembleias temáticas abertas.

Termos relacionados Sociedade
(...)