Está aqui

Greves na CP e IP esta sexta-feira

Para esta semana estão convocadas paralisações de trabalhadores em várias empresas de transportes, reivindicando aumentos salariais. CP e IP param 24 horas na sexta-feira, Metro de Lisboa e ViaPorto têm paralisações parciais na quinta, Transtejo tem plenário quinta e Soflusa quarta.
Trabalhadores da Infraestruturas de Portugal e de outras empresas do setor de transportes realizam paralisações esta semana, reivindicam aumentos salariais – Foto CGTP
Trabalhadores da Infraestruturas de Portugal e de outras empresas do setor de transportes realizam paralisações esta semana, reivindicam aumentos salariais – Foto CGTP

Esta semana os trabalhadores do setor dos transportes vão realizar diversas paralisações. Reivindicam aumentos salariais e as ações de luta estão a ser convocadas pela FECTRANS, Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações da CGTP.

A FECTRANS denuncia que as orientações do Governo para as empresas do setor dos transportes "são de contenção e congelamento dos salários" e defende que "há razão para que a luta na IP e empresas aliadas, seja coincidente com a da CP, que têm ambas a mesma tutela governamental".

Greve na CP e na IP de 24 horas na sexta-feira 25 de junho

Na CP e na Infraestruturas de Portugal (IP) e afiliadas realiza-se na próxima sexta-feira, 25 de junho, mais uma greve de 24 horas. Os trabalhadores lutam por aumentos salariais e, no caso da IP, exigem também o cumprimento do Acordo Coletivo.

Para as duas empresas, a FECTRANS convocou ainda uma concentração para o dia 6 de julho em Lisboa, caso o Governo e as administrações continuem sem responder às reivindicações dos trabalhadores.

Greves parciais na Metro de Lisboa e ViaPorto no dia 24 de junho

Os trabalhadores do Metro de Lisboa paralisam na próxima quinta-feira, 24 de junho, entre as 5h e as 9h30, pelo que o metropolitano só estará a funcionar a partir das 10h da manhã. Os funcionários administrativos da empresa param entre as 9h30 e as 12h30.

Os trabalhadores exigem aumento de salários, valorização de carreiras e reforço dos quadros da empresa. Esta greve parcial não terá serviços mínimos, de acordo com o acordão do Tribunal Arbitral.

Na quinta-feira 24 de junho está também prevista uma greve na ViaPorto, empresa que opera o metro do Porto.

Plenários na Soflusa e Transtejo

Os trabalhadores dos barcos que fazem a travessia do Tejo, entre as duas margens, também manifestam o seu protesto e a sua reivindicação de aumentos salariais, realizando plenários de trabalhadores esta semana.

Na Soflusa será na quarta-feira 24 de junho, entre as 10h e as 12h, e na Transtejo será na quinta-feira 25 de junho, entre as 14h30 e as 17h30.

Termos relacionados Sociedade
(...)