Greve por melhores salários na Faurecia de Bragança

09 de junho 2023 - 12:46

Fábrica de escapes é a empresa do grupo com melhores resultados em Portugal, mas os seus trabalhadores são os mais mal pagos.

PARTILHAR
Greve em julho de 2022 na Faurecia de Bragança
Greve em julho de 2022 na Faurecia de Bragança. Foto Fiequimetal

Os trabalhadores da Faurecia em Bragança voltaram à greve esta sexta-feira. A administração da empresa que fabrica escapes para automóveis naquela unidade recusa-se a ir ao encontro das exigências de aumentos salariais justos.

Segundo a Fiequimetal, a empresa teve lucros de 47 milhões de euros entre 2019 e 2021, mas mantém a grande maioria dos seus trabalhadores com o salário mínimo.

"Esta é a empresa do Grupo Faurecia em Portugal que melhores resultados tem obtido, mas os seus trabalhadores são os mais mal pagos", denuncia a federação sindical.

Tal como aconteceu na greve do verão passado, a primeira na empresa e que contou com elevada adesão, a administração da empresa  é acusada de tentar pressionar os trabalhadores a não aderirem à greve. "No circuito interno, os televisores exibiram uma mensagem a insinuar que quem aderisse à greve estaria a pôr em causa o bem-estar da sua família e o seu posto de trabalho", denuncia o SITE Norte, que deu conhecimento do ocorrido à Autoridade para as Condições do Trabalho, exigindo a sua intervenção.