Está aqui

Galp lucrou 327 milhões de euros até setembro deste ano

Lucros da petrolífera em 2021 contrastam com o prejuízo de 45 milhões nos primeiros nove meses do ano passado. Crescimento do negócio de exploração e produção de petróleo é o principal responsável pelos resultados positivos nas contas.
Foto de Manuel de Almeida | Lusa

Segundo o jornal Expresso, que cita o relatório e contas trimestral que a Galp Energia enviou para a Comissão de Mercado e Valores Imobiliários, a empresa conseguiu até ao mês de setembro um resultado líquido positivo de 327 milhões de euros. Este valor significa uma melhoria, já que no período homólogo do ano passado obteve um prejuízo de 45 milhões de euros.

Numa base contabilística, ou seja, não ajustada pelo custo de substituição de reservas, o resultado líquido da Galp nos primeiros nove meses do ano foi negativo, de 102 milhões de euros. No entanto, no mesmo período do ano passado foi de 516 milhões de euros também negativos.

Numa base ajustada o EBITDA, ou seja, o resultado antes dos juros, impostos, depreciações e amortizações, aumentou até 1.678 milhões de euros, representando um aumento de 45% face ao ano passado.

Estes resultados são motivados pelo crescimento do negócio no setor petrolífero de exploração e produção, cujo EBITDA ascendeu a 80% e 1.428 milhões de euros.

Na área do negócio industrial e gestão de energia, onde está incluída a refinação, viu o EBITDA descer 38% para 60 milhões e na área comercial (retalho de combustível e outros negócios) reduziu-se em 10% para 229 milhões de euros. 

Por sua vez, a área das energias renováveis teve um EBITDA negativo de 14 milhões de euros.

No final do mês de setembro, a dívida líquida da Galp era de 2.028 milhões de euros, menos 3% do que o ano passado, e correspondia a um rácio de 1,1 vezes o EBITDA ajustado.

Termos relacionados Sociedade
(...)