Está aqui

Foi fundada a Associação Bento de Jesus Caraça

Cerca de cem pessoas criaram esta associação com a intenção de “promover a cultura integral do indivíduo”, uma ideia central para o matemático e resistente antifascista Bento de Jesus Caraça.

“A Cultura Integral do Indivíduo” foi uma conferência proferida em 1933 pelo intelectual português. Nela, Bento de Jesus Caraça coloca como “grande tarefa” da sua geração “despertar a alma coletiva das massas” procurando o “desenvolvimento ao máximo, pela cultura, da personalidade de todos os seus membros”.

Estas são também as ideias centrais da associação que este mês foi fundada com o seu nome. O presidente desta associação, Luís Saraiva, em declarações à Agência Lusa, considerou que a defesa de uma emancipação do ser humano pelo conhecimento “é a melhor arma para se ser crítico perante a sociedade”. E João Caraça, filho do matemático e presidente do conselho geral da associação, acrescentou que “a cultura integral do indivíduo é uma cultura da interrogação, e é preciso que continuemos a interrogar-nos”. “Temos de continuamente interrogar a sociedade que nos rodeia”.

Do programa inicial consta a organização de um colóquio com o tema “A Cultura Integral do Indivíduo à luz dos desafios atuais da sociedade”, a de outro colóquio sobre a atualidade do projeto da Biblioteca Cosmos, a famosa coleção de livros de divulgação científica criada por Caraça. Para além disto, será publicada uma fotobiografia do mentor da associação, da responsabilidade de Natália Bebiano, o livro de Helena Neves “A Lisboa de Bento de Jesus Caraça” e será reeditada a compilação de ensaios “A Cultura Integral do Indivíduo - Problema Central do Nosso tempo”.

Termos relacionados Cultura
(...)