Está aqui

Faleceu Clara Alexandre, ativista incansável pelo aprofundamento da Democracia

O corpo será transladado no domingo, 10 de setembro, de Coimbra para a morgue da Santa Casa da Misericórdia de Santa Comba Dão onde ficará em câmara ardente até segunda-feira, após o que será incinerado no cemitério de Santiago, em Viseu. Será feita uma última homenagem no Cemitório Novo, frente ao crematório, pelas 16h45. 
Com um longo historial de luta em prol da Democracia, do Ambiente e dos Direitos Cívicos em geral, a Clara desde os seus 12 anos que se envolveu no movimento estudantil contra a ditadura fascista.
Com um longo historial de luta em prol da Democracia, do Ambiente e dos Direitos Cívicos em geral, a Clara desde os seus 12 anos que se envolveu no movimento estudantil contra a ditadura fascista.

Clara Alexandre, socióloga, residente em Santa Comba Dão, tinha 57 anos, pertencia à Mesa Nacional do Bloco de Esquerda mas pediu para ser substituída na sequência dos tratamentos médicos a que teve de se sujeitar.

Com um longo historial de luta em prol da Democracia, do Ambiente e dos Direitos Cívicos em geral, a Clara desde os seus 12 anos que se envolveu no movimento estudantil contra a ditadura fascista. Passou pelo PCP e pelo MRPP, mas foi no Bloco de Esquerda que mais se distinguiu na luta pelo aprofundamento da Democracia participativa, deixando-nos o seu exemplo de ativismo até aos últimos dias da sua vida, pautada pela prática quotidiana no movimento associativo. Pertenceu à Direcção da AZU – Ambiente em Zonas Uraníferas, ao MUAP – Movimento de Utentes das Águas do Planalto Beirão e foi ainda membro da ATTAC – Associação para a Taxação da Taxa Tobin de Apoio ao Cidadão.

O corpo será transladado no domingo, 10 de setembro, de Coimbra para a morgue da Santa Casa da Misericórdia de Santa Comba Dão onde ficará em câmara ardente até segunda-feira, após o que será incinerado no cemitério de Santiago, em Viseu. Será feita uma última homenagem no Cemitório Novo, frente ao crematório, pelas 16h45. 

A Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda decidiu, após auscultação da candidatura bloquista à Assembleia Municipal de Carregal do Sal  e dos familiares da camarada Clara Alexandre, manter a iniciativa de campanha marcada para este sábado, 9 de setembro, com a presença da eurodeputada Marisa Matias num jantar em Carregal do Sal, pelas 20,30 h, transformando-o num jantar de homenagem à camarada Clara Alexandre, com a presença do seu companheiro, o camarada Artur Jorge de Matos Gouveia, bem como do seu filho, o camarada Gabriel Alexandre Moreira e da sua irmã Maria José Pais Alexandre, a quem apresentamos as nossas sentidas condolências.

Termos relacionados Sociedade
(...)