Está aqui

“Europeias confirmam Bloco como terceira força política”

Jorge Costa reagiu às sondagens à boca da urna, registando uma “derrota profunda da direita” e um “aumento da representação do Bloco no Parlamento Europeu” que duplica a sua votação.
Jorge Costa. Noite eleitoral, Europeias 2019. Foto de Paula Nunes.

Jorge Costa reagiu às projeções das televisões naquilo que classifica como um “bom resultado” apesar de sublinhar que é preciso aguardar pelos resultados finais. Regista, no entanto, que a confirmarem-se esses resultados, verifica-se uma “derrota profunda da direita” e a confirmação do “Bloco de Esquerda como terceira força política em Portugal”, que “duplica a sua votação em Europeias e garante um aumento da sua representação no Parlamento Europeu”.

O dirigente bloquista destaca ainda que estas eleições europeias representam o começo da alteração do mapa político e "é essa alteração do mapa político que hoje se inicia” com a confirmação do Bloco como terceira força política, constituindo uma “alternativa forte”.  Jorge Costa prossegue, frisando a importância destes resultados (ainda provisórios) para, no contexto das eleições legislativas de outubro, “podermos trabalhar e dar-mos um sinal positivo para que a esquerda seja reforçada nas próximas eleições”.

 

 

Termos relacionados Europeias 2019, Política
(...)