Está aqui

Estudos mostram sinais da libertação de metano do fundo do oceano

Temperaturas mais quentes estão a desestabilizar um depósito de 2,5 gigatoneladas de hidratos de metano ao longo da plataforma continental do leste norte-americano, mas cientistas não acreditam que o gás saia para a atmosfera tão cedo. Por Fernanda B. Müller, Instituto CarbonoBrasil

Combinando dados sísmicos com modelos térmicos, cientistas da Universidade Sulista Metodista de Dallas (Estados Unidos) mostraram que mudanças recentes na temperatura em profundidades intermediárias do oceano, associadas com a Corrente do Golfo, “estão rapidamente a desestabilizar o hidrato de metano ao longo de uma ampla faixa [no mínimo dez mil km2] da margem norte-americana".

Estudos anteriores afirmavam que um aumento de 5ºC nestes locais "poderia libertar metano suficiente para explicar eventos de aquecimento global como o máximo termal do paleoceno-eoceno e desencadear uma acidificação generalizada dos oceanos", alertam os pesquisadores.

Eles ressaltam que "as análises indicam que mudanças no fluxo da Corrente do Golfo ou na temperatura dos últimos cinco mil anos estão a aquecer a margem oeste do Atlântico norte em até 8ºC e agora estão a desencadear a desestabilização de 2,5 gigatoneladas de hidrato de metano (cerca de 0,2% do necessário para causar o máximo termal do paleoceno-eoceno)".

Os cientistas acreditam ser improvável que este metano saia para a atmosfera, mas ressaltam a importância de se ter descoberto uma nova forma para o uso de dados geológicos na revelação de fontes naturais, não antrópicas, de gases do efeito estufa.

Apesar das dúvidas em torno do estudo, os cientistas alertam da existência de outros depósitos de hidratos de metano ao redor do mundo que merecem atenção, por exemplo, no Ártico, onde o aumento das temperaturas tem sido ainda mais marcado.

Os resultados do estudo foram publicados na edição de 24 de outubro da revista Nature.

26/10/2012

Créditos da imagem: TeAra, a enciclopédia da Nova Zelândia

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Ambiente
(...)