Está aqui

“Em Braga, queremos construir soluções à esquerda que respondam à crise social”

A deputada Alexandra Vieira é a candidata do Bloco à Câmara de Braga e apontou como objetivo “eleger para a vereação e aumentar a representação na Assembleia Municipal”. António Lima encabeça a candidatura à Assembleia Municipal.
Alexandra Vieira, candidata do Bloco à Câmara Municipal de Braga, 14 de maio de 2021 – Foto de Hugo Delgado/Lusa
Alexandra Vieira, candidata do Bloco à Câmara Municipal de Braga, 14 de maio de 2021 – Foto de Hugo Delgado/Lusa

Nesta sexta-feira, 14 de maio, foi apresentada a candidatura do Bloco de Esquerda ao concelho de Braga. Na sessão intervieram Alexandra Vieira, candidata à Câmara Municipal, António Lima cabeça de lista à Assembleia Municipal e a coordenadora do Bloco, Catarina Martins. A sessão terminou com um momento musical com Ricardo Cerqueira.

A candidata à Câmara falou das lutas em que o partido tem estado envolvido no concelho, agradeceu aos seis autarcas atuais no concelho, dois na Assembleia Municipal e quatro em Assembleias de Freguesia, e afirmou que o Bloco “é a oposição em Braga, é a lufada de ar fresco inovador nesta cidade, que alguns setores teimam em manter bolorenta e atávica”.

“Criticamos a ausência de uma política para a mobilidade que retire os automóveis do centro da cidade, considerada uma das mais quentes e poluídas do país”, apontou a deputada, que entre outras críticas ao atual executivo do PSD denunciou “a teimosia do presidente em não querer aplicar as 35h” e lembrou propostas defendidas pelo Bloco, nomeadamente o apoio ao arrendamento, e ações desenvolvidas, exemplificando com o “salvamento da fábrica Confiança”.

Alexandra Vieira criticou também o atual executivo municipal por nada ter feito durante a pandemia, nem ter conseguido aprender com outras cidades. “Durante o momento mais difícil da crise pandémica não se conhece uma única medida de apoio às famílias mais vulneráveis”, que ficaram limitados à caridade e ao assistencialismo. Quando questionado pela falha, o presidente disse que isso não cabia à autarquia, criticou a deputada. A candidata apontou também que faltam habitações em Braga e criticou a falta de uma política de habitação.

Alexandra Vieira afirmou o objetivo de "construir soluções reais à esquerda que respondam à crise social e económica, garantam o direito à habitação, combatam as desigualdades sociais, reforcem os serviços públicos”, reivindicando como primordiais a causa ambiental, a causa animal, a cultura, lute pela igualdade e que “robusteça a democracia como valor essencial”.

António Lima lembrou na sua intervenção o “elefante branco do estádio municipal”, salientando que o Bloco de Esquerda defendeu a não construção daquele estádio. O deputado municipal e cabeça de lista do Bloco à Assembleia Municipal de Braga reivindicou também o combate à poluição no rio Este e defendeu a necessidade de investimento que traga emprego com direitos.

Termos relacionados Autárquicas 2021, Política
(...)