Está aqui

“Elas também estiveram lá”: Filme disponível online entre 15 e 22 de abril

Partindo do espetáculo homónimo estreado em 2018, Joana Craveiro realiza, em colaboração com a equipa do Teatro do Vestido, “um filme poético, apoiado em testemunhos e documentos, que reflete sobre a visibilidade e invisibilidade das mulheres nos processos históricos e no seu registo”.
Making of "Elas também estiveram lá - o filme". Foto do Teatro do Vestido.

“'Elas estiveram lá - quotidianos de resistência e de revolução de mulheres' incide sobre a presença feminina e a sua invisibilidade em determinados registos da história, uma vez que a história é contada por homens, e estes deixam sempre as mulheres na sombra”, explicou Joana Craveiro em 2018, em declarações à agência Lusa.

Este espetáculo, estreado em 2018 nas imediações do Cinema São Jorge, e que desembocava na emblemática e misteriosa sala da Rank Filmes, foi transformado num objeto artístico em formato de vídeo.

Mais do que o registo videográfico do espetáculo – impossível de reproduzir nas condições atuais, o Teatro do Vestido transforma o que foi em tempos um espetáculo presencial, intimista, em percurso, num filme - uma viagem intemporal pelas vidas de uma série de mulheres que estiveram lá: nos momentos, nas vidas, nos eventos históricos, no lado escondido das imagens, dentro das casas, à espera, na sombra, e na linha da frente também – nas muitas frentes que existiram e existem, e não só naquelas que a história oficial escolheu registar”, explica o Teatro do Vestido.

Joana Craveiro aponta que “é de história política que se trata, sim, mas também de história do quotidiano, dos afetos e de resistência”.

“A encenação original desta obra não cabe num registo videográfico. Transbordando, por isso, o mero registo, o que aqui se apresenta é uma re-leitura do espetáculo original e sua transformação num outro objeto – fílmico. Um não substitui, por isso, o outro. Mas, complementando-se, dialogam”, realça a diretora artística do Teatro do Vestido.

“Elas também estiveram lá – o filme” estará disponível de 15 a 22 de abril entre as 21h30 e as 0h30, disponível na plataforma Vimeo de Cultura na Rua. A entrada é livre e não necessita de inscrição prévia.

Termos relacionados Cultura
(...)