Está aqui

"É uma vergonha que PSD se oponha à Tarifa Social de Eletricidade"

Jorge Costa intervém sobre a Tarifa Social de Eletricidade, acusando o PSD de durante quatro anos ter tratado a medida como um dispositivo de marketing e imagem da EDP e agora se opor à correção dessa injustiça.
Jorge Costa.

"Não esperava ver a questão da Tarifa Social levantada pelo PSD nesta ocasião. Durante quatro anos esta medida foi tratada como um dispositivo de marketing e imagem da EDP, que dizia dispor de uma medida de apoio e de desconto para os clientes mais vulneráveis do ponto de vista económico, e que depois, não só não a aplicava, como encaixava nos seus lucros o dinheiro que deveria ter ajudado as famílias mais pobres. 

Que o governo tivesse transigido com isso durante quatro anos é uma vergonha, mas que venha aqui hoje opor-se à correção dessa injustiça e à criação de um dispositivo que permita a atribuição automática deste desconto, é qualquer coisa que é difícil de explicar. Esse é um direito para um milhão de famílias pobres com comprovada carência económica ou com vulnerabilidade, com rendimentos até 5800 euros por ano. Que o PSD venha opor-se a essa generalização da medida que já existe e que foi tão mal aplicada pelo seu governo, é, realmente difícil de explicar."

Tarifa social : "Que o PSD se venha opor à generalização de um direito é inexplicável"

Termos relacionados Orçamento do Estado 2016, Política
(...)