Está aqui

Diminuição da abstenção seria um sinal de “viragem” na participação eleitoral

Numa primeira reação às projeções sobre a abstenção, Pedro Soares saudou os números que indicam uma quebra na abstenção. A confirmarem-se, poderão abrir “um tempo novo na democracia local”, diz o coordenador autárquico do Bloco.
Pedro Soares na conferência de imprensa do Bloco após as 19h de domingo.

Na primeira reação após o encerramento das urnas em Portugal Continental, o coordenador autárquico do Bloco saudou a participação do eleitorado e comentou as projeções que indicam uma diminuição da abstenção.

A confirmarem-se esses números, que colocavam a abstenção nestas eleições autárquicas entre os 40.3% e os 44.8%, isso seria “um facto bastante positivo”, destacou Pedro Soares.

Essa tendência indicaria, prosseguiu Pedro Soares, que “os portugueses estão num processo de maior abertura em relação à política”, um sinal de que vivemos “um tempo novo da democracia, da democracia local em particular” e de uma “viragem em relação à participação dos portugueses em atos eleitorais”.

 

Autárquicas 2017: Pedro Soares comenta projeções sobre abstenção | ESQUERDA.NET

Termos relacionados Autárquicas 2017, English
(...)