Está aqui

Despejos no Porto vão a debate na Assembleia Municipal

Por iniciativa da bancada municipal do Bloco, o debate ficou agendado para o dia 18 de junho. Bloquistas querem ouvir de Rui Moreira mais do que “lamúrias daquilo que o Governo não permite fazer e anúncios vazios”.
Centro histórico do Porto. Foto de Francisco Oliveira/Flickr

"Convocamos uma Assembleia Municipal Extraordinária porque entendemos que é este o momento para Rui Moreira tornar claro o que pretende fazer, mas sobretudo entendemos que é o momento para que sejam discutidas neste espaço as medidas concretas que se podem tomar", disse Susana Constante Pereira, deputada municipal do Bloco de Esquerda, citada pela agência Lusa.

O Bloco anunciou a iniciativa numa conferência de imprensa num dos pontos de encontro históricos da cidade — o Café Ceuta — que a maioria camarária recusou atribuir o estatuto de espaço histórico protegido.

Entre os “anúncios vazios” de Rui Moreira está o protocolo que a autarquia se comprometeu a firmar com a Associação de Inquilinos do Porto. "Podemos confirmar que este protocolo não existe na prática, está a ser estudada a possibilidade de resposta a emergências e, portanto, não passa de mais um anúncio", sublinhou Susana Constante Pereira.

"Rui Moreira tem, de uma vez por todas, de tornar claro de que lado é que está, se está do lado das pessoas ou se está do lado dos interesses imobiliários. É por essa razão que convocamos uma assembleia extraordinária”, resumiu a deputada municipal, defendendo que “"as pessoas precisam de ver na Câmara um aliado, não um balcão aonde chegam e são encaminhados para outro sítio qualquer".

Entre as medidas que o Bloco tem vindo a propor desde a campanha eleitoral autárquica está a disponibilização de casas a rendas acessíveis ou a criação de um observatório do turismo no Porto. Susana Constante Pereira desafiou os restantes partidos a aproveitarem esta sessão da Assembleia para “levarem as suas propostas para resolver uma situação concreta, que as pessoas vivem neste momento”.

Termos relacionados Política
(...)