Está aqui

Dengue pode proteger do Zika

Crianças que já foram infectadas pelo vírus do dengue têm risco menor de desenvolver o virus Zika, revela novo estudo.

O vírus Zika, que em 2016 teve um surto epidémico na América do Sul, poderá ser travado em parte pelo virus do dengue, revelou um novo estudo.

O artigo de investigadores das universidades de Michigan, Berkeley e do Instituto de Ciências Sustentáveis de Manágua, Nicarágua, foi publicado esta terça-feira na revista de acesso livre PLOS Medicine. Trata-se de um estudo de coorte, em que se segue um grupo específico de pessoas ao longo do tempo, no caso crianças nicaraguenses seguidas desde 2004.

Num universo de cerca de 3700 crianças entre os 2 e 14 anos de idade, cerca de 3 mil tinham um historial anterior de infeção pelo dengue. Destas 3 mil, apuraram os investigadores através de testes, cerca de 1350 tinham sido infetadas pelo Zika, mas apenas 560 desenvolveram os sintomas associados à doença: febre, erupções cutâneas, dores musculares e de articulações. As crianças infetadas no passado pela dengue, comparadas com as que não o foram, tinham 38% menos possibilidade de desenvolver os sintomas do Zika.

As conclusões trazem novos dados para a investigação sobre a chamada melhoria dependente de anticorpos, fenómeno em que a infeção por um determinado virus, e os anticorpos que sistema imunitário desenvolve para reagir, afectam por sua vez a reação a um virus diferente no futuro. Aubree Gordon, uma das autoras do estudo, afirmou: "Se há interações que evitam o desenvolvimento de sintomas, ótimo. Mas há sempre o problema de os anticorpos protegerem até determinado ponto, e a partir desse ponto constituírem eles mesmos um risco de doença severa. Teremos de estudar de perto esse aspecto".

O Zika, transmitido tal como a dengue pelos mosquitos aedes aegypti, tem sintomas semelhantes à dengue e geralmente não é letal, mas em mulheres grávidas aumenta o risco de microcefalia e outras malformações cerebrais nos nascituros. Este risco causou particular alarme durante o surto epidémico da doença de 2015-2016, que começou no Brasil e se espalhou ao resto das Américas, atingindo também o Pacífico e o sudeste asiático.

Termos relacionados Zika, Sociedade
(...)