Está aqui

Da troika à pandemia: Grécia reativa redes de solidariedade

As redes de solidariedade que nasceram na Grécia durante a crise financeira voltaram a intensificar a sua atividade no apoio às comunidades mais afetadas pela Covid-19.
Solidarity4all
Foto do site solidarity4all.org

A organização grega “Solidariedade para Todos” iniciou uma campanha, no final de março, para apoiar os mais vulneráveis que sofrem com os efeitos económicos decorrentes da pandemia pelo novo coronavírus. O lema é: Nesta crise, respondemos com solidariedade. Ficamos em casa sem esquecer o nosso vizinho, aqueles que nos rodeiam, aqueles que precisam!

Esta rede de solidariedade, criada para responder aos efeitos devastadores da crise económica de 2008, “é um coletivo aberto a todos os que se inspiram na tríplice solidariedade - resistência - auto-organização, que não procura expressar ou representar o mundo multifacetado, as estruturas e ações da solidariedade social, mas ser uma solução, facilitando sua reunião”.

Uma das iniciativas propostas nesta campanha é a “adoção” de um vizinho. “Quando compramos para nós mesmos, também compramos para os nossos vizinhos que não podem ir às mercearias. Se pudermos, compramos comida de longo prazo (espaguete, arroz, óleo, legumes) para nossos semelhantes que não podem pagar.”

Para facilitar o encontro de vizinhos, e criar estas redes de solidariedade, a organização está a recolher os contactos das pessoas que se registam no seu site, encaminhando-as depois para uma pessoa que precise de apoio.

Ficamos em casa sem esquecer aqueles que nos rodeiam com Solidariedade e Cultura!

No âmbito da mesma campanha, o site da organização disponibiliza uma recolha de links com propostas culturais gratuitas para assistir durante o isolamento social. Estas propostas variam de peças de teatro, cinema, documentários, visitas on-line a museus e livros.

Termos relacionados Covid-19, Sociedade
(...)