Está aqui

Costa Rica assiste online ao primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo

Ao fim de quase dois anos, terminou o prazo dado pelo Tribunal Constitucional costa-riquenho para o país garantir a igualdade no casamento. Logo a seguir à meia-noite, as primeiras noivas viraram uma página na história do país.
Foto de Stock Catalog | Flickr

De acordo com o DN, realizou-se esta terça-feira na Costa Rica o primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo, após uma batalha de alguns anos que terminou com a decisão do Supremo Tribunal Constitucional onde afirmava que esta proibição era inconstitucional. 

Este tema foi um dos mais importantes da campanha para a eleição presidencial de 2018, depois do Tribunal Interamericano de Direitos Humanos emitir um parecer, a pedido do Supremo Tribunal Constitucional, em que referia que todos os países que assinaram a Convenção Americana dos Direitos Humanos “devem reconhecer e garantir todos os direitos que derivem de um vínculo familiar entre pessoas do mesmo sexo.”

Em agosto do mesmo ano, o Supremo Tribunal Constitucional da Costa Rica declarou inconstitucional esta proibição e exigiu a alteração da lei nacional nos 18 meses seguintes. Caso os deputados não mudassem a lei naquele prazo, como veio a acontecer, a igualdade no casamento seria garantida de forma automática a partir de 26 de maio de 2020.

O primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo - no caso, Alexandra Quirós, de 29 anos, e Daritza Araya, de 24 anos - realizou-se logo após a meia-noite e foi transmitido através das redes sociais da Associação “Sim, Aceito”. Gia Miranda, diretora executiva da campanha “Sim, Aceito” disse à AFP, que esta decisão vai ajudar a combater a discriminação no país e vai promover a Costa Rica como um lugar seguro para os turistas. 

No Twitter, o presidente da Costa Rica vincou que este é um momento histórico. 


Imagem  www.quotecatalog.com

Termos relacionados Internacional
(...)