Catarina vai deixar de ser deputada no fim da sessão legislativa

24 de maio 2023 - 12:05

Depois de deixar de ser coordenadora da Comissão Política, Catarina Martins assegura o trabalho parlamentar até às férias do verão. Depois disso, é substituída no Parlamento por Isabel Pires.

PARTILHAR
Catarina Martins. Foto de Ana Mendes.
Catarina Martins. Foto de Ana Mendes.

Em entrevista à Lusa esta terça-feira, Catarina Martins anunciou que deixará de ser deputada quando acabar a atual sessão legislativa. A coordenadora do Bloco explica que o grupo parlamentar bloquista tem “uma série de dossiers em mãos”, pelo “que o equilíbrio não é fácil” e, assim, o que ficou decidido foi que, enquanto o Pedro Filipe Soares está na comissão de inquérito à TAP, vai participar na comissão eventual de revisão constitucional.

Catarina Martins tem sido deputada desde 2009 e sai agora porque pensa que “não tem muito sentido” continuar “não sendo já coordenadora”. Garante, porém, que se for para isso eleita na próxima Convenção, continuará a fazer parte da direção do Bloco “com toda a convicção” mas “noutro papel e com outro ritmo”.

Passada “mais de uma década de um ritmo muito intenso e de uma exposição que também foi intensa”, a porta-voz bloquista diz que se vê a “diminuir o ritmo e a descansar um pouco, sem prejuízo de todo o apoio, estarei a apoiar a campanha na Madeira, com muito gosto, comprometi-me com isso e assim farei”.

Assegura ainda que o Bloco continuará “com o grupo parlamentar muito forte” já que a sua saída implica a entrada de Isabel Pires, que atualmente já cumpre o papel de deputada em substituição temporária de José Soeiro.

Termos relacionados: Política