Está aqui

Carlos Matias: “Bloco está a crescer e esperamos bom resultado”

O candidato do Bloco por Santarém foi entrevistado na Rádio Hertz e reafirmou a prioridade ao emprego no distrito e no país como a principal marca da sua campanha.
Carlos Matias em campanha no Entroncamento. Foto Bloco/Santarém

Na entrevista à Rádio Hertz, de Tomar, Carlos Matias defendeu que a situação do emprego em Portugal é “inadmissível e insustentável”, com o desemprego, a emigração e a precariedade a alastrarem.

“Dar a volta a isto é a prioridade do Bloco” nestas eleições e para isso o candidato bloquista apontou propostas concretas: “Os bancos devem ser obrigados a canalizar dinheiro para o investimento na economia real, na agricultura, nas florestas, nas fábricas, transportes e infraestruturas, naquilo que cria riqueza e não na especulação financeira”, defendeu o candidato por Santarém, a par de políticas que protejam o desemprego "e não, como o PS propõe, facilitar ainda mais os despedimentos".

Nesta entrevista, Carlos Matias defendeu ainda a refundação das freguesias extintas contra a vontade das populações, respeitando assim a Carta da Autonomia do Poder Local assinada pelo Estado português. No que respeita à situação na Saúde no distrito, Carlos Matias denunciou que existem hoje cerca de 35 mil pessoas sem médico de família na zona do Médio Tejo e 80 mil no distrito de Santarém. Para dar resposta a esta carência, é necessária a contratação de médicos com estabilidade na sua carreira, para que possam conhecer de perto as necessidades dos utentes, defendeu.

O candidato bloquista está confiante num bom resultado eleitoral, que traduza a simpatia e o apoio que a campanha tem recolhido por todo o distrito.

SANTARÉM – Carlos Matias, cabeça de lista do Bloco de Esquerda, apresentou propostas no Especial Leg

Termos relacionados legislativas 2015, Política
(...)