Está aqui

Cabo Delgado: Número de crianças sozinhas a fugir do conflito aumenta 40% num mês

A Save the Children apela a todas as partes, incluindo as forças internacionais recém-chegadas, no sentido de garantirem a proteção das crianças em Cabo Delgado. A organização não governamental destaca “o impacto devastador do conflito em curso em Moçambique” sobre os mais novos.
Foto de Sean Rajman, World Food Program.

De acordo com a organização não governamental (ONG) Save the Children, o número de crianças desacompanhadas ou separadas que fogem de Cabo Delgado para centros de deslocados em Montepuez subiu 40% em julho.

O aumento, de 395 crianças no final de junho para 550 no final de julho, “destaca o impacto devastador do conflito em curso em Moçambique sobre as crianças”, frisa a ONG.

A Save the Children registou uma média de cinco crianças desacompanhadas ou separadas por dia a chegar aos acampamentos no mês passado. Muitas dessas crianças foram separadas dos seus pais ou responsáveis ​​enquanto fugiam para salvar as suas vidas. Outras perderam os pais devido à violência.

Neste contexto, a ONG apela aos líderes regionais que garantam que qualquer resposta regional para a crise tem em consideração as necessidades urgentes das crianças deslocadas e a sua segurança.

“Apelamos a todas as partes neste conflito, incluindo as forças internacionais recém-chegadas, que garantam a proteção das crianças em Cabo Delgado", afirmou Chance Briggs, diretor nacional da Save the Children em Moçambique.

"Todos os atores devem respeitar as leis humanitárias internacionais e de direitos humanos e tomar todas as ações necessárias para minimizar os danos colaterais a civis. Também deve haver maior monitorização de quaisquer violações, inclusive através do mecanismo do Gabinete do Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para Crianças em Conflitos Armados, para que os autores de violência contra crianças possam ser responsabilizados”, continuou.

A Save the Children exorta ainda os doadores internacionais a aumentarem o financiamento para a resposta humanitária em Cabo Delgado, lembrando que existe uma diferença de 66 milhões de dólares entre as necessidades identificadas e o montante a que se comprometeram os atores globais.

Termos relacionados Cabo Delgado, Internacional
(...)