Está aqui

Cabaz de produtos essenciais com aumento de 9,37% desde o início do ano

O Público, em conjunto com a Deco Proteste, mostra como tem evoluído o custo de vida em Portugal. A evolução do preço do cabaz de produtos essenciais é calculada semanalmente. Entre 23 de fevereiro e 27 de julho, a categoria de produtos que mais aumentou foi o peixe, com uma subida de 16,55%.
Fotografia publicada em Dicas de Lisboa.

De acordo com o jornal diário, entre 5 de janeiro e 27 de julho, o preço do cabaz de produtos essenciais da Deco Proteste encareceu 17,59 euros, o que representa um aumento na ordem dos 9,37%. A subida foi mais acentuada na categoria peixe, que registou um agravamento de 16,55% entre 23 de fevereiro e 27 de julho.

Por sua vez, o produto que registou o maior aumento de preço foi a farinha para bolos, de 49% no período entre 5 de janeiro e 27 de julho. Segue-se o Óleo alimentar 100% vegetal, que passou de 2,30 euros para 3.27, o equivalente a uma subida de cerca de 42%, e o frango inteiro, que ficou 0,72 euros mais caro, um aumento de 34%% face a janeiro.

Já na última semana, o maior crescimento em termos percentuais diz respeito à courgete, com um agravamento no preço de 0,16 euros, ou seja, um crescimento de 10% face a 20 de Julho de 2022. A pescada fresca foi o produto que registou o segundo maior crescimento do preço em termos semanais. Os consumidores passaram a pagar mais 0,74 euros, ou seja, uma subida de 9% face à semana anterior. A cebola ficou mais cara 8%.

O Público explica que o cabaz de produtos da Deco Proteste é definido com base na estrutura de consumo das famílias do INE e inclui um conjunto de 63 produtos, entre os quais leite, queijo, manteiga e fiambre, um pacote de arroz, de farinha, de massa e de açúcar, além de 1 kg de carne de peru e a mesma quantidade de frango, carapau, pescada, cebola, batata, cenoura, banana, maçã ou laranja. Para obter a evolução do preço do cabaz de produtos essenciais, é feito o cálculo do valor médio por produto em todas as lojas de Portugal onde está disponível, chegando, desta forma, ao valor médio daquele produto em dado dia. Para cada dia analisado, é calculado o valor total do cabaz, tendo em conta o valor médio por produto.

Termos relacionados Sociedade
(...)