Está aqui

Bruno Góis é o candidato bloquista à Câmara de Sintra

Os aderentes do Bloco de Esquerda escolheram o investigador e ativista Bruno Góis para candidato à Câmara Municipal de Sintra.
Bruno Góis.
Bruno Góis. Foto Bloco/Sintra

A concelhia de Sintra do Bloco de Esquerda anunciou esta segunda-feira o candidato às próximas eleições para a Câmara Municipal. Trata-se do dirigente bloquista Bruno Góis, investigador e ativista nas lutas feministas e pela justiça social e ecológica.

Residente em Queluz, Bruno Góis tem 35 anos e faz parte da Mesa Nacional do Bloco desde 2014. É ativista do coletivo feminista Por Todas Nós e foi deputado municipal em Santarém e Amadora, cidades onde residiu anteriormente. Licenciado e mestre em Relações Internacionais pelo ISCSP, conclui agora o doutoramento em Antropologia  no Instituto de Ciências Sociais. Foi diretor da revista política "A Comuna" entre 2012 e 2017 e um dos coordenadores do livro “Retornar, Traços de Memória do Fim do Império”.

Nas redes sociais, o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Sintra diz que a candidatura "pretende contribuir para uma resposta local à crise social e ecológica”, através do reforço dos serviços públicos municipais para melhorar a qualidade de vida no concelho.

As linhas gerais da candidatura vão passar também por um modelo de desenvolvimento do concelho “menos dependente do turismo, que rompa com a precariedade laboral e inove na resposta aos desafios da sustentabilidade e da transição energética e ambiental”, refere a concelhia bloquista de Sintra.

A candidatura promete bater-se ainda pelo “aumento do parque habitacional público, com rendas acessíveis, e com uma política municipal mais sustentável ao nível dos transportes públicos e da gestão de resíduos”.

Termos relacionados Autárquicas 2021, Política
(...)