Está aqui

Braga: Bloco denuncia manipulação eleitoralista da Segurança Social

O encontro de instituições sociais de apoio à deficiência, promovido pela Segurança Social de Braga em plena campanha eleitoral, é um sinal da “falta de pudor e de vergonha” da candidatura do PSD/CDS.
Pedro Soares em campanha na feira de Famalicão.

A candidatura do Bloco por Braga insurgiu-se esta quarta-feira contra o encontro promovido na Avenida Central pelo Centro Distrital da Segurança Social. Para a candidatura encabeçada por Pedro Soares, “fazer encontros destes em plena campanha eleitoral mais não significa do que usar estas instituições e estes utentes como instrumento de propaganda, o que ultrapassa todos os limites da ética política”.

Em comunicado, o Bloco de Esquerda lembra que o mesmo diretor da Segurança Social do distrito foi o protagonista “dos escandalosos cortes no Subsídio de Educação Especial - um apoio financeiro fundamental para que as crianças e jovens deficientes possam aceder a terapias especializadas, que o Estado é incapaz de oferecer”.

A candidatura bloquista recorda ainda que o projeto que o Bloco levou à Assembleia da República para a reavaliação dos requerimentos de Subsídio de Educação Especial que foram indeferidos acabou chumbado justamente pelo PSD e o CDS.  E promete continuar “a bater-se pela dignidade, autonomia e pela inclusão de todos os cidadãos com deficiência, em todas as tribunas” e a levantar a sua voz “contra indecorosos aproveitamentos políticos que só aproveitam os seus organizadores”.

Termos relacionados legislativas 2015, Política
(...)