Está aqui

Bloco quer travar o encerramento das creches e ATL no Centro Histórico do Porto

O executivo da União das Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória decidiu encerrar a Creche e o ATL da Vitória e os ATL da Sé e da Torrinha, destruindo equipamentos sociais fundamentais para a população e criando justificadas preocupações nas famílias e sentimentos de insegurança profissional entre as trabalhadoras.
O Bloco levará esta questão à Assembleia Municipal de dia 25.
O Bloco levará esta questão à Assembleia Municipal de dia 25. Fotografia de Paulete Matos.

Através de um comunicado, o Bloco de Esquerda repudiou esta decisão do Executivo da União de Freguesias e manifestou a sua solidariedade para com as famílias prejudicadas por esta decisão e as trabalhadoras daqueles equipamentos.

Em abril, o Presidente da União de Freguesias já tinha ameaçado de encerramento de creches e ATL pelo Presidente da União de Freguesias, na sequência dos protestos pelo atraso no pagamento de salários às funcionárias da Junta, factos que determinaram a apresentação de uma Moção de Censura ao Executivo, chumbada pelo PSD e pelo Grupo Rui Moreira.

As razões que levaram o Bloco de Esquerda a apresentar aquela Moção de Censura mantêm-se. Em comunicado, o Bloco afirma que “É inaceitável e incompreensível que o Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, não tenha ainda tomado uma posição de condenação a estes encerramentos.” O partido afirma ainda que os eleitos do Bloco levarão esta questão à Assembleia Municipal de dia 25.

Termos relacionados Política
(...)