Está aqui

Bloco quer contratação de profissionais para o Hospital de Aveiro

O deputado Moisés Ferreira vai interpelar o governo para que autorize a contratação imediata de profissionais de saúde para o Hospital de Aveiro e recomendar a ampliação do edifício.
Moisés Ferreira vai interpelar o governo para que autorize a contratação imediata de profissionais de saúde para o Hospital de Aveiro e recomendar a ampliação do edifício
Moisés Ferreira vai interpelar o governo para que autorize a contratação imediata de profissionais de saúde para o Hospital de Aveiro e recomendar a ampliação do edifício

O deputado do Bloco de Esquerda Moisés Ferreira reuniu nesta segunda-feira com a administração do Centro Hospitalar do Baixo Vouga e visitou também o Hospital Visconde de Salreu, em Estarreja. Com esta visita, o Bloco teve como objetivo identificar carências e contributo político para a resolução.

No próximo dia 22 de junho, o Bloco de Esquerda levará a debate em plenário da Assembleia da República o projeto de Nova Lei de Bases de Saúde, que “tem como base o trabalho demorado e dedicado de duas pessoas profundamente conhecedoras do SNS - António Arnaut e João Semedo – e o contributo de dezenas de outras pessoas que participaram em debates organizados sobre este tema, bem como na consulta pública promovida pelo Bloco de Esquerda”.

Hospital de Aveiro é um edifício que precisa de ampliação”

Em declarações à Lusa, Moisés Ferreira alertou para a falta de recursos humanos, apontando que para garantir a transição para o horário de 35 horas em 1 de julho, sem pôr em causa a prestação de cuidados, são necessários cerca de 50 enfermeiros, 50 assistentes operacionais e dez técnicos de diagnóstico e terapêutica. Porém, a contratação ainda não foi autorizada, segundo foi transmitido pela administração.

“A três semanas ainda não houve autorização do Governo, que tem de ser rápida, sob pena de em julho faltarem profissionais, e por isso vamos apresentar uma interpelação ao Governo para exigir que essa autorização seja dada já”, afirmou Moisés Ferreira à Lusa.

O deputado bloquista abordou também o problema da falta de espaço no edifício.

“O Hospital de Aveiro é um edifício que precisa de ampliação, como é visível pelos contentores que ali estão colocados para fazer as consultas externas. O que nos foi dito é que neste momento o hospital até poderia fazer mais cirurgias, reduzindo as listas de espera, mas para isso precisava de mais blocos operatórios, e no internamento também tem dificuldade em responder e ter mais pessoas internadas, mas também não consegue porque não tem espaço”, descreveu, anunciando que vai propor recomendação ao governo para que calendarize as obras de ampliação.

O deputado visitou o Hospital Visconde de Salreu, em Estarreja, e já tinha visitado o Hospital de Águeda e, em ambos os casos, ficou “com a ideia clara de que ambos estão subaproveitados, sendo necessário garantir mais especialidades e consultas para evitar as deslocações a Aveiro”.

Termos relacionados Sociedade
(...)