Está aqui

Bloco quer aliar arqueologia e cultura para potenciar turismo na Terceira

Alexandra Manes, candidata bloquista às regionais de domingo pelo círculo da Terceira, defendeu a “implementação de uma visão estratégica” contra a “tentativa frustrada de replicar modelos de turismo que não são adequados às características da ilha”.
Candidatos do Bloco Açores observam o fundo da bacia de Angra numa visita. Foto do Bloco Açores.
Candidatos do Bloco Açores observam o fundo da bacia de Angra numa visita. Foto do Bloco Açores.

Alexandra Manes quer potenciar o património arqueológico da Terceira para o desenvolvimento do turismo da ilha, aproveitando um nicho de mercado que se interessa por estas matérias, como forma de combater a sazonalidade do setor.

A candidata do Bloco pela Terceira critica a “tentativa frustrada de replicar modelos de turismo que não são adequados às características da ilha” e defende a implementação de uma visão estratégica que alie a arqueologia e cultura como produto turístico.

O plano passa por dar maior destaque ao parque subaquático e aproveitar o conhecimento dos arqueólogos da Terceira.

“A Terceira não pode continuar à margem do setor do turismo. A Terceira tem que se evidenciar e afirmar com base no seu património”, afirma Alexandra Manes, que lembrou que, na legislatura anterior, o Bloco de Esquerda apresentou uma proposta que previa a recuperação dos fortes que existem na ilha, por forma a criar um roteiro turístico.

Os candidatos do Bloco tiveram oportunidade de, num passeio marítimo, observar o fundo da baía de Angra, e perceber o potencial desta oferta turística que tem que ser "melhor trabalhada" e "melhor vendida".

Termos relacionados Política
(...)