Está aqui

Bloco propõe referendo municipal à concessão do Teatro Maria Matos

Os deputados municipais bloquistas querem que seja a população de Lisboa a reverter a decisão do executivo municipal de entregar a privados a gestão daquele equipamento cultural da cidade.
Teatro Maria Matos. Foto publicada na página facebook "Por uma gestão pública do Teatro Maria Matos"

O referendo municipal seria uma "boa forma de obrigar o executivo a respeitar todo um processo que desrespeitaram desde o início”, afirmou o deputado municipal Tiago Ivo Cruz à agência Lusa, após ter anunciado a decisão do grupo municipal do Bloco em Lisboa de propor um referendo municipal sobre a concessão a privados da gestão e programação do Teatro Maria Matos.

A decisão da Câmara tem sido contestada nos últimos meses e uma petição em defesa da gestão pública do Maria Matos recolheu mais de 2.500 assinaturas em poucas semanas. O assunto regressou ao debate na Assembleia Municipal esta terça-feira, com uma recomendação aprovada com os votos do PS, PSD, CDS, MPT e deputados independentes e a oposição do Bloco, PCP, PAN, PEV e PPM. A presidente da Assembleia, Helena Roseta, absteve-se na votação.

Termos relacionados Política
(...)