Está aqui

Bloco exige requalificação urgente da Linha do Vouga

A bordo do Vouguinha, Moisés Ferreira e Isabel Pires criticaram esta sexta-feira os atrasos na reabilitação da linha ferroviária e propuseram que esta se deve estender até Serenada do Vouga e ligar à linha do norte em Espinho.

Os deputados bloquistas voltaram esta sexta-feira à Linha do Vouga para insistir na sua reabilitação e para denunciar os “inaceitáveis” atrasos nas obras. O partido exige que seja apresentada uma calendarização para estas obras que considera “urgentes” e quer que estas sejam estendidas até Serenada do Vouga.

Isto uma vez que, como assinalou a deputada bloquista Isabel Pires a proposta do governo vai “cortar a rede do Vouga em Oliveira de Azeméis” quando seria necessário continuar a requalificar até Serenada do Vouga. O que o governo pretende implementar é assim “insuficiente”.

O Bloco propõe a ligação da linha do Vouga à linha do Norte em Espinho classificando-a como “é importante para os movimentos pendulares e os milhares de pessoas que se deslocam ao Porto todos os dias para trabalhar”.

Para além disto, o partido está preocupado ainda com estado das composições. Isabel Pires sublinhou que “temos material circulante muito antigo, ainda não eletrificado com uma bitola que já não existe em nenhuma parte do país”.

Depois da viagem de comboio, a deputada esclareceu que “das informações que até agora o Governo deu não se sabe ao certo qual o nível de investimentos e prazos de execução”. “Todos os investimentos anunciados têm derrapado e estão com uma execução baixíssima”.

Para a dirigente bloquista “é preciso perceber e insistir nesta matéria porque esta linha deve servir “para oferecer condições de mobilidade de qualidade às pessoas, trazendo vantagens do ponto de vista ambiental”. Concluindo que este projeto “é um plano essencial para o país e os atrasos consecutivos prejudicam muito as populações”.

Termos relacionados Política
(...)