Está aqui

Autoeuropa sobrecarrega equipas depois de despedir 120 trabalhadores

O sindicato exige da administração “respostas e a resolução do problema no imediato, para preservar a saúde e as condições de trabalho”.
Além disso, “as horas das refeições e das pausas são constantemente alteradas”. E há “equipamentos novos que já deveriam estar a funcionar e continuam parados”, denuncia o sindicato.
Além disso, “as horas das refeições e das pausas são constantemente alteradas”. E há “equipamentos novos que já deveriam estar a funcionar e continuam parados”, denuncia o sindicato. Foto de Mário Cruz, Lusa arquivo).

Em comunicado, o SITE Sul, acusa a administração da Autoeuropa de despedirem 120 trabalhadores, sobrecarregando as equipas com as funções que anteriormente lhes eram atribuídas.

A Comissão Sindical do SITE Sul na VW Autoeuropa confirma que “na área das carroçarias, na zona do doors-to-body, de onde foram despedidos cerca de 120 trabalhadores contratados a prazo, agora sobra trabalho”.

As dificuldades e qualidade de trabalho caíram abruptamente na fábrica. Devido à falta de trabalhadores, “os chefes de equipa e os técnicos de manutenção e de qualidade são obrigados a trabalhar ao lado dos restantes operadores na linha”.

Além disso, “as horas das refeições e das pausas são constantemente alteradas”. E há “equipamentos novos que já deveriam estar a funcionar e continuam parados”.

Por outro lado, “os ritmos de trabalho são cada vez mais intensos e insuportáveis para quem passa oito horas na linha”, uma vez que agora são obrigados a esperar até por coisas simples como “saciar a sede ou utilizar os WC”.  

E deixam questões à administração: “Quando os trabalhadores estiverem afectados por problemas de saúde devido ao agravamento dos ritmos e das condições de trabalho, quem se vai responsabilizar por isso? Como pensa a VW Autoeuropa resolver este problema, tendo em conta as consequências que advirão, mais cedo ou mais tarde, do agravamento continuado do trabalho destes trabalhadores?”

Termos relacionados Sociedade
(...)