Está aqui

Alemanha ganha mais de 70.000 milhões com crise da dívida

Nos últimos 30 meses, a Alemanha economizou mais de 60 mil milhões de euros no financiamento da sua dívida soberana. Mas os ganhos da Alemanha com a crise da dívida na Europa são muito maiores, reconhece o jornal “Bild”, conhecido pelos seus ataques contra a Grécia e a Europa do Sul.
A Alemanha ganha entre 70 e 100 mil milhões de euros com a crise da dívida – Foto de Images_of_Money/Flickr

O diário alemão “Bild” reconheceu, na passada quarta feira (1 de agosto de 2012), que a “Alemanha ganha dinheiro graças à crise do euro”. Noticia a revista francesa “L' Expansion”, que de acordo com aquele jornal a Alemanha está a ganhar com a baixa das taxas de juro da sua dívida soberana, mas também com a baixa da cotação do euro, que favorece as suas exportações para fora da União Europeia.

O jornal salienta que “o Estado e os consumidores beneficiam da taxa de juro baixa” e destaca que o ministro alemão das Finanças “Wolfgang Schäuble ganha dinheiro mesmo endividando-se”, devido às taxas de juro negativas nos títulos da dívida pública alemã de curto prazo. O jornal cita um analista que refere que “nos últimos 30 meses, a Alemanha economizou mais de 60 mil milhões de euros no refinanciamento da sua dívida”. Na quarta feira, a taxa de juro dos títulos da dívida soberana alemã a cinco anos caíram para 0,31%, um nível historicamente baixo.

O “Bild” sublinha ainda que o setor da construção civil e os consumidores beneficiam das baixas taxas de juro, assim como a banca que se pode financiar com taxas muito baixas no BCE. O setor exportador beneficia ainda da baixa cotação do euro.

“Juntando tudo isto ao aumento das receitas dos impostos e à baixa das despesas sociais, as economias atingem 70 a 100 mil milhões de euros”, refere o jornal.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Política
(...)