Está aqui

Açores: Bloco quer transportes públicos mais baratos e menos poluentes

No dia em que se assinalou o Dia Europeu Sem Carros, o candidato do Bloco às eleições regionais dos Açores, António Lima, apresentou propostas para baixar os preços dos transportes públicos, melhorar os horários e rotas e apoiar a transição para autocarros elétricos.
António Lima
Foto de Bloco de Esquerda Açores

O Bloco de Esquerda/Açores assinalou esta quarta-feira o Dia Europeu Sem Carros com a apresentação das principais propostas para o setor dos transportes públicos terrestres no âmbito das eleições regionais que se realizam no próximo dia 25 de outubro.

António Lima, primeiro candidato do Bloco ao parlamento açoriano, refere que a primeira proposta é baixar significativamente os preços do passe. Atualmente um passe na área metropolitana de Lisboa custa 40 euros, enquanto na Ribeira Grande e em Ponta Delgada custa 51 euros, lembrou o candidato. Esta é “uma primeira solução para muitas pessoas e não uma solução de recurso para quem não tem transporte próprio”, disse o candidato, citado pela Lusa.

Para além da redução do preço dos passes, o Bloco propõe a melhoria das rotas e dos horários.

O Bloco de Esquerda assinalou hoje o Dia Europeu Sem Carros com uma viagem simbólica de autocarro na cidade de Ponta...

Publicado por Bloco de Esquerda Açores em Terça-feira, 22 de setembro de 2020

A renovação da frota de autocarros para promover a transição energética também é uma preocupação do partido. António Lima afirma que “os transportes públicos nos Açores são do século passado. Não se atualizaram e não servem as pessoas”. Por isso defende uma aposta séria na renovação da frota através da atribuição de apoios públicos à compra de autocarros elétricos.

O candidato aponta o dedo ao governo regional e às autarquias porque têm desprezado os transportes públicos e deu o exemplo de Ponta Delgada, que continua sem um terminal rodoviário. “Não há um local digno para as pessoas comprarem bilhetes e esperarem pelo autocarro”, frisou.

Termos relacionados Política
(...)