O feminismo é tomado, por vezes, por um discurso vitimista, muito devido à centralidade da violência doméstica e de género. Que efeitos produz essa agenda? Que mulheres resultam de um movimento que as projeta quase exclusivamente como vítimas? Que sexualidade e corpos sobrevivem à narrativa de medo e dor?

Neste dossier questionamo-nos sobre quem controla e define os corpos femininos. Falamos sobre a perspetiva patriarcal que domina o SNS e analisamos em concreto o exemplo da endometriose. A binariedade patriarcal presente nas decisões sobre corpos intersexo e o impacto que as construções sociais patriarcais têm nas decisões sobre o nosso corpo, levam-nos a uma reflexão sobre literacia do corpo, o impacto que estas opressões têm no acesso ao prazer e a presença de corpos femininos no espaço público. Por fim, concluímos com um questionamento sobre o que mobiliza os movimentos políticos feministas. Dossier organizado por Ana Catarina Marques.

Ler Mais

Protestaram, foram filmados e… despedidos da Casa da Música

2 de Junho 2020

Vários precários da Casa da Música queixam-se de terem sido dispensados do trabalho já agendado em junho, meia hora depois de terem participado num protesto. José Soeiro diz que “Administração da Casa da Música mostra-nos que é sempre possível expandir as fronteiras do repugnante.”

Os acorrentados

Esta segunda feira quatro "artistas tauromáquicos" estiveram uma hora e pouco acorrentados a um portão do Campo Pequeno. Os três toureiros e o forcado quiseram protestar contra a falta de autorização para a reabertura das touradas nesta altura de desconfinamento.

Dia um de junho foi de luta no setor da energia na Índia. Fonte: twitter.
Internacional

Índia: Modi aproveita pandemia para cortar direitos e privatizar energia

2 de Junho 2020

Vários estados do partido do primeiro-ministro suspenderam as leis que regulamentam o direito à greve e a negociação coletiva, flexibilizaram normas sanitárias e de segurança e aumentaram os horários semanais de trabalho até 72 horas. Por Praveen S. no Brasil de Fato.

Embora tenha reduzido a oferta para 75% do habitual, a procura de passageiros durante o Estado de Emergência foi apenas de 10%.
Sociedade

Sem dinheiro para salários, CP quer apoios públicos

2 de Junho 2020

CP terá tido prejuízos na ordem dos 20 milhões de euros durante a pandemia e encontra-se num limbo entre a necessidade de apoios públicos e a vontade do Governo de aumentar o seu endividamento. Bloco alerta que “o investimento público na ferrovia tem que ser uma prioridade”.

Na fórmula criada pelo governo britânico para explicar os níveis de alerta sobre a covid-19, o número R joga um papel importante.
Sociedade

Coronavírus: o indicador R ainda é útil?

2 de Junho 2020

O indicador R tornou-se conhecido de todos devido à propagação do novo coronavírus e um dos parâmetros que guia políticas sanitárias no mundo inteiro. O virologista Jeremy Rossman explica o que é e quais as suas limitações.

Manifestantes em Minneapolis. Foto de CRAIG LASSIG/EPA/Lusa.
Internacional

Protestos contra assassinato de Floyd não param

2 de Junho 2020

Várias mortes, milhares de prisões e cidades a ferro e fogo. Nos Estados Unidos, centenas de milhares de pessoas estão nas ruas, dispostas a não deixar esquecer o que aconteceu a George Floyd e outros afro-americanos. Trump ameaça reprimi-las com o envio de tropas.

Opiniões

Porque não se testaram os jardins de infância?

Por que razão testaram os 19 mil profissionais das creches, mas não se aplicou o mesmo critério aos profissionais dos jardins de infância?

Políticas públicas ou negócios privados?

Numa altura em que urge a tomada de medidas excecionais que impeçam um maior empobrecimento dos cidadãos, na autarquia de Matosinhos parece premente investir o dinheiro dos contribuintes na aquisição de um único fogo à Petrogal.

O fundo perdido?

Se falha na quantidade, a qualidade deste fundo também deixa muito a desejar. A Comissão Europeia propõe um plano dilatado no tempo, refém da burocracia de Bruxelas.

Política

Garantir salários "não será mais caro que salvar bancos”

25 de Maio 2020

Entrevistada esta segunda-feira à noite na TVI, Catarina Martins elencou como prioridades para o país a garantia do pagamento dos salários a 100% e a proteção dos trabalhadores precários. Sobre o Novo Banco, disse existir “uma divergência absoluta entre o Bloco de Esquerda e o Governo”. 

Alta Voz

Israel: o olhar imperialista de Fauda

1 Junho

A série israelita Fauda dramatiza o ponto de vista colonialista sobre a Palestina. Claire Scurob descontrói aqui os seus esquemas narrativos num artigo lido por Carlos Carujo.

Numa parede em Havana, Cuba. Foto de Mariana Carneiro.
Internacional

O cerco de Trump a Cuba: Testemunho de um bloqueio criminoso

24 de Maio 2020

Durante a visita do Bloco a Havana, estive frente a frente com as principais vítimas do bloqueio imoral e ilegal dos EUA. Encontrei-as nas filas dos supermercados, nas camas dos hospitais, onde médicos fazem magia para assegurar cuidados de saúde gratuitos e de primeira linha, nas escolas, onde professores lutam para garantir todos os recursos. Por Mariana Carneiro.

Mais Esquerda

A crise e o cinema

1 Junho

Ouve aqui o debate "A crise e o cinema" com Beatriz Gomes Dias (deputada Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda), João Salaviza (realizador), Cíntia Gil (programadora) e Miguel Moraes Cabral (realizador e diretor de som). 

Quatro e Vinte
Quatro e Vinte

Canábis em Portugal: do estigma ao “paradoxo do louro prensado”

20 Maio

Nesta edição, o podcast Quatro e Vinte destaca o debate canábico online promovido este mês pela Kosmicare com a participação do músico Manuel Cruz, os ativistas Dinis Dias, Ana Barbosa e Helena Valente, a psicóloga Purificação Anjos e o jurista João Taborda da Gama.

Segurança Social
Sociedade

Covid-19: Que direitos e que proteção para quem trabalha?

13 de Março 2020

A empresa entrou em lay-off? O patrão diz que agora é preciso tirar férias? Filhos doentes? Então e agora? Leia aqui a resposta a estas e muitas outras dúvidas levantadas nos últimos dias sobre a proteção laboral e o surto de Covid-19. [Artigo atualizado a 13 de maio]

2560070517577195

reportagens

No dia da reabertura da Casa da Música e da Fundação Serralves, as trabalhadoras e os trabalhadores precários de ambas as instituições juntaram-se num protesto silencioso pelo facto de terem estado durante meses sem qualquer comunicação por parte das direções e sem remuneração.

Dossier

Dossier 316: Crise global, vai ficar tudo bem?

A pandemia trouxe grandes mudanças à situação global política, social, económica, ambiental, cultural. A crise sanitária evolui para uma profunda crise económica, cujos traços importa analisar.

Ler mais
Bloco lança escolapublica.pt
Política

Bloco lança plataforma escolapublica.pt

25 de Maio 2020

O novo site vai recolher e partilhar testemunhos de professores e alunos sobre o que está a ser feito na Escola Pública.

Política

Covid-19: Guias atualizados sobre proteção laboral e social

10 de Maio 2020

Com o fim do estado de emergência, o governo produziu legislação que altera vários mecanismos de proteção aprovados em março e abril. Veja aqui o que mudou.

Agenda

3 Junho

Link no site e nas páginas de facebook e instagram do Teatro de Marionetas do Porto.  Mais informações aqui.

A quarta sessão será na 4ª feira, 3 de junho, entre as 18h e as 20h. As sessões irão funcionar online, através de um link enviado para cada mulher inscrita, sendo que cada uma poderá utilizar apenas a parte áudio sem ter de se identificar pela imagem. Inscrições para o e-mail aquidentrodecasa.umar@gmail.com ou para o telefone 218873005. Organização: UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta. Ver evento de facebook.

O projeto de investigação W.ARCH.pt – Arquitectas em Portugal: construção da visibilidade, 1942-1986 (CIEG - ISCSP-ULisboa) está a organizar um ciclo de conversas de reflexão sobre a História das Mulheres. A primeira sessão terá a moderação de Patrícia Santos Pedrosa (CIEG - ISCSP-ULisboa) e as seguintes oradoras: Emília Ferreira (Museu Nacional de Arte Contemporânea), Lia Antunes (CIEG - ISCSP-ULisboa e darq-UC), Maria Helena Souto (IADE - Creative University), Paula Monteiro (Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto) e Silvana Rubino (Unicamp - Universidade Estadual de Campinas, São Paulo). Ver evento de facebook.
Transmissão é efetuada no Facebook do W@ARCH.PT, a partir das 18h

A Fundação José Saramago organiza uma sessão com agentes culturais para analisar, debater e conversar sobre a situação da Cultura em tempos de pandemia. Presenças confirmadas: Rui Galveias, dirigente do CENA - STE (Sindicato dos Trabalhadores de Espetáculos do Audiovisual e dos Músicos); Liliana Matias de Carvalho, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores de Arqueologia; e Pedro Penilo, representante do MANIFESTO EM DEFESA DA CULTURA. A sessão será transmitida em streaming, aqui, a partir das 18h30 (Para aceder basta registar-se com um e-mail).

Com: Paulo Fidalgo, Pedro Soares, Raquel Varela e Luís Mouga Lopes como moderador. Organização: Convergência – Viseu. Ligação através da plataforma Zoom a partir das 21h.

Fotogaleria

Imagens do 1º de Maio de 1974. Compilação de Mariana Carneiro.

Marta Hugon ― Coração na boca, 2019.

Júlio Resende ― Fado & further, 2015.

Sérgio Godinho ― Coincidências, 1983.

Marcelo Fagerlande ― Museu imperial, 1990.

Martim Vicente ― Caminho, 2016.

Edição nº 322, de 12 de março de 2020

Subscrever Newsletter