Os “Luanda Leaks” vieram expor a forma como Isabel dos Santos e Sindika Dokolo construíram o seu império financeiro, em boa parte graças ao financiamento público resultante da influência política de José Eduardo dos Santos. Os negócios, ruinosos para o Estado angolano, serviram para criar a primeira bilionária africana. Dossier organizado por Luís Branco.

Neste dossier, mostramos a origem dos Luanda Leaks, o papel das maiores auditoras mundiais na legitimação dos negócios de Isabel dos Santos, os laços da filha do ex-presidente com a elite económica portuguesa e a galeria de políticos portugueses envolvidos nos negócios angolanos. Recordamos a biografia do ex-presidente Eduardo dos Santos e publicamos a opinião de Mariana Mortágua.

Ler Mais

Luanda leaks: “Justiça e governo portugueses devem agir rapidamente”

17 horas 12 minutos atrás

Em entrevista ao Porto Canal, Catarina Martins alertou para a urgência de o governo português agir face às participações de Isabel dos Santos em empresas estratégicas portuguesas, defendendo que solução devia ser negociada com governo angolano e que essas empresas ganhavam em ter controle público.

Ainda o caso de Cláudia Simões e a autoridade da polícia

Já quase tudo foi dito e ainda assim vale a pena insistir. O caso de Cláudia Simões obriga-nos a olhar de frente para muitos problemas graves por resolver no nosso país.

Foto de 6000 sardine, movimento italiano contra a extrema-direita.
Internacional

As sardinhas chegaram às urnas: Salvini derrotado nas eleições de Emilia-Romagna

9 minutos atrás

A extrema-direita apostava em vencer as eleições regionais e exigir a queda do governo. Acabou derrotada por cerca de oito pontos percentuais. Depois de mobilizar multidões para as ruas, o movimento de protesto popular das “sardinhas” vê assim cumprido um dos seus primeiros objetivos.

Trabalhadores das pedreiras manifestam-se - Foto da CGTP
Sociedade

Mineiros e trabalhadores das pedreiras exigem eliminação do fator de sustentabilidade

36 minutos atrás

Estes trabalhadores reivindicam a eliminação do fator de sustentabilidade na antecipação da reforma e vão concentrar-se na próxima quarta-feira, 29 de janeiro, em Lisboa, em frente ao ministério do Trabalho, na praça de Londres.

Refinarias da Arábia Saudita foram atacadas com drones em setembro de 2019, o ataque foi reivindicado por rebeldes Huthis do Iémen - Foto: NASA Worldview/EPA/Lusa
Comunidade

Uma viagem pelo mundo em 2019 (8): o Médio Oriente

1 hora atrás

A luta pela hegemonia entre a Arábia Saudita e o Irão tem-se refletido nas mortíferas guerras “por procuração” da Síria e do Iémen, remetendo para segundo plano o eterno drama do povo palestiniano. Por Jorge Martins.

Foto de Paulete Matos
Sociedade

Conselho da Europa recomenda que polícias portugueses tenham treino de direitos humanos

2 horas atrás

A instituição europeia publicou esta segunda-feira um estudo sobre a proteção de minorias em Portugal. Critica-se a ausência de condenações por crimes de ódio no país, a falta de reconhecimento da diversidade étnica e o desconhecimento das polícias dos contextos sociais em que operam.

Opiniões

Não se façam de mortos

Há um novo desporto em Portugal que, sendo praticado por boa parte das elites do poder financeiro português, corre o risco de se transformar em competição olímpica.

Indignação

Confirma-se que nos regimes cleptocráticos o mérito está no berço onde se nasce e dá muito jeito ser filha do “Camarada Número Um”.

A actualidade do pensamento de Maria de Lurdes Pintasilgo

A 18 de Janeiro passaram 90 anos sobre o nascimento de Maria de Lurdes Pintasilgo, uma pioneira que marcou a história do Portugal contemporâneo.

Miguel Relvas, Paulo Portas, Carlos César e Jerónimo de Sousa. Em fundo: José Eduardo dos Santos
Artigos dossier

Que diziam os partidos sobre a cleptocracia instalada em Angola?

25 de Janeiro 2020

No final da guerra civil, Angola tornou-se uma terra de grandes oportunidades para alguns. Nessa altura, as críticas da direita e do PS ao regime do MPLA foram substituídas pelos convites ao investimento da elite económica angolana. O PCP manteve-se fiel ao MPLA e só o Bloco apontou sempre o dedo aos cleptocratas do regime. Artigo de Luís Branco.

Mário Tomé no Fórum Socialismo 2020 - Foto de Paula Nunes
Sociedade

Mário Tomé, “o grande resistente”

25 de Janeiro 2020

Pedimos o título de empréstimo, pois era assim que o escritor Baptista Bastos chamava a Mário Tomé. O militar de Abril e dirigente político é homenageado este sábado em Lisboa, a propósito dos 40 anos da sua primeira eleição como deputado. Por Carlos Santos

Aldina Duarte
esquerda.radio

Aldina Duarte n' Os Cantos da Casa

26 Janeiro

Aldina Duarte ― Roubados, 2019.

Xave ― Finalmente, 2019.

Vitorino ― Flor de la mar, 1983.

Fernando Lopes-Graça ― Integral da obra para guitarra, 2004.

Caio ― Mundo incerto, 2018.

Edição nº 319, de 24 de janeiro de 2020

Quatro e Vinte

Bernie Sanders promete legalizar canábis nos primeiros 100 dias do mandato

20 Janeiro

O candidato à nomeação democrata para as presidenciais norte-americanas apresentou o seu plano para regular a canábis a nível federal. Saiba mais nesta edição do Quatro e Vinte.

Software livre
Sociedade

O Software Livre e a Esquerda

25 de Janeiro 2020
Caminhando em gelo fino
Internacional

Caminhando em gelo fino

25 de Janeiro 2020
Alta Voz

"Traição", José Luís Peixoto

20 Janeiro

Ouve aqui o podcast do conto "Traição", de José Luís Peixoto, lido por Ana Bárbara Pedrosa.

Dossier

Garantir o direito a um envelhecimento com qualidade e emancipado exige o combate à estigmatização da velhice e políticas públicas em conformidade em áreas como a saúde, a habitação, os rendimentos e o trabalho. Dossier organizado por Mariana Carneiro.

Ler mais
Apresentação do livro Sinais de Vida - Cartas da Guerra 1961-1974, de Joana Pontes. Foto de Mariana Carneiro.
Artigos dossier

“A Guerra Colonial através da correspondência de quem a viveu”

26 de Janeiro 2020

Na passada terça-feira, o Museu do Aljube foi palco da apresentação do livro Sinais de Vida - Cartas da Guerra 1961-1974, de Joana Pontes, que deu corpo a uma das mais recentes investigações sobre a Guerra Colonial. Este trabalho tem como base milhares de cartas que militares enviaram ou receberam durante o conflito. Por Mariana Carneiro.

Ouve aqui o podcast do debate "Os refugiados estão a invadir-nos?", com Miguel Duarte (Hubb - Humans Before Borders), realizado a 10 de dezembro de 2019 no Com Calma - Espaço Cultural, Lisboa.

Agenda

27 Janeiro

Uma hora semanal de leitura colectiva integral do ensaio de Mário Dionísio com bifurcações para textos de outros autores e controvérsias.
Lisboa, Casa da Achada, 18h30.

A Nova Babilónia, de Grigori Kozintsek, Leonid Trauberg.
Lisboa, Casa da Achada, 21h30.

Subscrever Newsletter