Garantir o direito a um envelhecimento com qualidade e emancipado exige o combate à estigmatização da velhice e políticas públicas em conformidade em áreas como a saúde, a habitação, os rendimentos e o trabalho. Dossier organizado por Mariana Carneiro.

Neste dossier, publicamos o artigo de Maria Luísa Cabral sobre de que forma o Estado deve intervir para que o envelhecimento não pese mais do que o inevitável. Moisés Ferreira explica como é possível ter um envelhecimento com mais qualidade de vida, com mais saúde e com melhores respostas na doença e Ana Freitas escreve sobre o envelhecimento e saúde mental em Portugal. Na área da habitação, Maria Manuel Rola lança o desafio de “Pensar a cidade e habitação a partir das necessidades dos idosos” e Graça Marques Pinto defende a necessidade de avançar com um novo paradigma para o envelhecimento e de o Estado investir em projetos de coabitação colaborativa sénior. O dossier inclui ainda um resumo da apresentação de Júlio Machado Vaz no Fórum Socialismo 2019, intitulada “Envelhecer bem é trabalho para toda a vida”, bem como o texto de apoio ao debate “Pela nossa saúde: respostas públicas para o envelhecimento”, de Lúcia Cunha.

Ler Mais

PSP acusada de espancar mulher porque filha menor viajava sem passe

8 horas 59 minutos atrás

Motorista chamou a polícia porque a criança, de apenas oito anos, se esqueceu do passe. PSP terá agredido a mulher com socos e proferido insultos racistas. SOS Racismo pede que “se acabe com a impunidade da violência policial racista". Deputada bloquista Beatriz Gomes Dias declara ser imperativo apurar todos os factos deste caso de alegada violência policial na Amadora.

“Little B” e as memórias do futuro

Mário Moutinho, o ator do Porto de quem falo, não tem carta de condução – mas é a sua figura que nos guia por um espetáculo em que cada história tem muito mais que a sua biografia.

Atuais sociedades de Isabel dos Santos com grandes grupos económicos portugueses.
Política

Os laços de Isabel dos Santos com a elite económica portuguesa

20 de Janeiro 2020

Só explicável pelas características e dificuldades dos próprios processos de formação e acumulação da burguesia portuguesa, este caso é único. Para compreender o Portugal de hoje, é necessário conhecê-lo. (Trechos do livro Os Donos Angolanos de Portugal, de Jorge Costa, Francisco Louçã e João Teixeira Lopes, 2014).

Concentração de protesto das forças e serviços de segurança em Lisboa, junto ao ministério das Finanças - Foto esquerda.net
Política

Bloco apresenta propostas de alteração ao OE 2020 sobre forças e serviços de segurança

2 horas atrás

Bloco de Esquerda apresentou seis propostas de alteração na especialidade ao OE 2020 sobre forças e serviços de segurança. Sandra Cunha salienta que estas propostas são importantes para melhorar “as condições de trabalho e de vida destes homens e destas mulheres”.

Foto de Rita Sarrico.
Política

Governo tem de agir face a “assédio” a trabalhadoras da Misericórdia de Moscavide

5 horas atrás

Catarina Martins destacou que “o Governo tem de agir rapidamente” num caso “violento de assédio no trabalho” a trabalhadoras da Santa Casa da Misericórdia de Moscavide, pedindo a atuação da Autoridade para as Condições do Trabalho e da Segurança Social.

Política

Luanda Leaks: "Foram muitos os cúmplices que fingiam nada saber a troco do acesso ao dinheiro"

4 horas atrás

Durante a audição ao Ministro dos Negócios Estrangeiros, Pedro Filipe Soares lembrou ainda “que muitas vezes o Bloco ficou sozinho neste Parlamento porque todos os outros partidos recusavam condenar a cleptocracia angolana ou o atropelo a liberdades fundamentais”.

Entrevista

“Empresas de Vigilância desautorizam Governo”

16 de Janeiro 2020

Em entrevista ao esquerda.net, Rui Tomé, vice-coordenador do STAD e responsável pelo setor da Vigilância Privada, explicou que o Governo tem contratado empresas que não cumprem a lei, descartam os trabalhadores e acabam por onerar o Estado, a quem cabe custear os subsídios de desemprego. Por Mariana Carneiro.

Opiniões

Produção agrícola: essencial ao país ou alvo a abater?

A pergunta impõe-se perante as alterações institucionais nos domínios da agricultura, das florestas e do desenvolvimento rural, bem como dos protagonistas que aí assumem maior responsabilidade.

Que nos falta para eliminar o VIH?

Lisboa quer eliminar o VIH e, antes disso, acabar com o estigma e a discriminação.

Democracia em Vertigem

O documentário de Petra Costa sobre os anos do golpe e a ascensão de Bolsonaro no Brasil é um dos nomeados para os Óscares na categoria de Melhor Documentário.

Quatro e Vinte

Bernie Sanders promete legalizar canábis nos primeiros 100 dias do mandato

20 Janeiro

O candidato à nomeação democrata para as presidenciais norte-americanas apresentou o seu plano para regular a canábis a nível federal. Saiba mais nesta edição do Quatro e Vinte.

Internacional

"Há um risco de ruptura democrática no Brasil"

19 de Janeiro 2020

Numa entrevista dada ao Esquerda.net, Marcelo Freixo, deputado federal do PSOL pelo Rio de Janeiro, mostrou preocupação com os avanços ditatoriais do governo brasileiro e sublinhou a necessidade de ser criada uma frente ampla de frentes progressistas.

Cartaz de uma manifestação: “Vocês vão se confrontar com uma geração que vos conhece bem e que vocês desconhecem totalmente”. Foto Algeria Watch
Internacional

Argélia, claques de futebol e revolução

14 de Janeiro 2020

Hino do movimento popular contra o regime é um cântico da claque do USMA, clube de Argel. Experiência das organizações de adeptos, inclusive o anonimato e a decisão coletiva, foi absorvida pela revolução. Por Luis Leiria.

Alta Voz

"Traição", José Luís Peixoto

20 Janeiro

Ouve aqui o podcast do conto "Traição", de José Luís Peixoto, lido por Ana Bárbara Pedrosa.

Catarina Moura, Ariel Ninas e César Prata
esquerda.radio

Catarina Moura, Ariel Ninas e César Prata n' Os Cantos da Casa

10 Janeiro

Catarina Moura, Ariel Ninas e César Prata ― Do Natal aos Reis: Cantos da Galiza e Portugal, 2019.

Tiago Sousa ― Um piano nas barricadas, 2016.

Trovante ― Cais das Colinas, 1983.

Carlos Bica ― Carlos Bica + Matéria-Prima, 2010.

Cordel ― Cordel, 2019.

Edição nº 318, de 9 de janeiro de 2020

Pedro Filipe Soares fez a intervenção do Bloco de encerramento do debate orçamental - Foto de Miguel A Lopes/Lusa
Política

"Eurogrupo pode ficar radiante com superavit, mas esse dinheiro faz falta ao país"

10 de Janeiro 2020

No encerramento do debate do Orçamento, Pedro Filipe Soares criticou a proposta do governo, que “se resume à palavra superavit”.

Ouve aqui o podcast do debate "Os refugiados estão a invadir-nos?", com Miguel Duarte (Hubb - Humans Before Borders), realizado a 10 de dezembro de 2019 no Com Calma - Espaço Cultural, Lisboa.

Dossier

Lembramos aqui alguns factos políticos importantes vividos no mundo no ano que agora finda. Alguns destes acontecimentos prolongam-se para o próximo e irão ser certamente importantes em 2020. Dossier organizado por Carlos Santos.

Ler mais

O ano está a chegar ao fim e é a altura de recordar alguns dos acontecimentos que marcaram a atualidade em Portugal ao longo de 2019. Dossier organizado por Luís Branco.

Ler mais

Agenda

21 Janeiro

Organização: Comunidade educativa da EB 2,3 Mário de Sá Carneiro, em colaboração com Associação de Pais do Agrupamento D. Nuno Alvares Pereira (APDNAP), o Movimento Escolas Sem Amianto (MESA), do qual este agrupamento de escolas foi um dos fundadores, e a associação ambientalista ZERO.
Loures, Camarate – início na EB 2,3 Mário de Sá Carneiro, 10h30.

Sinais de Vida – Cartas da Guerra (1961-1974), de Joana Pontes. Apresentação de Aniceto Afonso. Inscrição obrigatória e info@museudoaljube.pt ou telefone (351) 215 818 535.
Lisboa, Auditório do Museu do Aljube - Rua de Augusto Rosa, 42, 18h30.

Convidado: Luís Fazendeiro (Climáximo). Moderação: João Costa (Linha Vermelha / Academia Cidadã). Mais informação. Organização: Academia Cidadã.
Lisboa, Com Calma – Espaço Cultural (Benfica), 21h30.

Seguido de debate com Alexandra Santos, Yussef e Marinho Pina, facilitado por Sílvia Roque. Entrada gratuita. Organização: Organização dos Estudantes da Guiné-Bissau em Coimbra, (DE)OTHERING/NHUMEP-CES. Mais informações.
Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo, 21h30.

Após a exibição do filme debate com Alexandra Santos, Yussef e Marinho Pina, facilitado por Sílvia Roque. Organização: Associação de Estudantes Guineenses em Coimbra, (DE)OTHERING/NHUMEP -CES , Teatro da Cerca de S. Bernardo. Mais informações.
Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo, 21h30.

Subscrever Newsletter