Está aqui

Discutir ideologia – faz tanta falta

A falta de discussão leva a que se possa dizer defensor de uma ideologia, sem a sua prática coincidir com a sua teoria. Reparemos no slogan de campanha de Passos Coelho.

Olhemos para as discussões políticas que se ouvem atualmente na nossa praça pública. Parece estranho, mas nunca se ouve falar de ideologia. Parece mesmo estranho, mas nunca se ouve falar dos clássicos, dos fundadores das respetivas ideologia, da discussão filosófica que deve estar sempre sobrejacente a qualquer prática que afete a realidade. Apesar de a política ter uma componente prática elevada, penso que sem fundamento teórico não se pode avançar realmente.

Esta falta de discussão leva a que se possa dizer defensor de uma ideologia, sem a sua prática coincidir com a sua teoria. Reparemos no slogan de campanha de Passos Coelho para a sua re-candidatura à liderança do PSD - “Social Democracia Sempre”. Será que as políticas de Passos Coelho defendiam uma reforma do sistema capitalista no sentido de chegar ao socialismo? Como é que Bernstein, Keynes e os antigos socialista alemães veriam a política prática seguida pelo antigo primeiro ministro? Dizer que o PSD é social-democrata é brincar com a história!

O mesmo acontece nos outros partidos. Penso que hoje em dia nenhum partido político tem hoje um real modelo marxista da sociedade. Há quanto tempo não se houve falar de “luta de classes” e “ ditadura do proletariado“ - Nem o PCP o faz, nem o PCP fala diretamente da teoria marxista de visão de sociedade.

Hoje vivemos numa sociedade que privilegia o apparatchik à política. Vivemos numa sociedade com pouca noção histórica da política, que quase não sabe definir feudalismo, capitalismo e socialismo.

Discuta-se política, discuta-se ideologia, seja-se mais sério!

Sobre o/a autor(a)

Estudante. Atvista do Bloco de Esquerda

Adicionar novo comentário