You are here

Ministro quer “combate cerrado” às praxes académicas

"É uma das maiores pragas que temos de combater”, diz o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em relação às praxes académicas. Manuel Heitor promete enviar todas as queixas recebidas para o Ministério Público.
Manuel Heitor no parlamento. Foto Manuel de Almeida/Lusa

Esta semana, um grupo de cem personalidades dirigiram uma carta aberta às instituições do Ensino Superior a pedir alternativas às praxes académicas para receber os novos estudantes. Esta sexta-feira, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior declarou o seu apoio "a todos aqueles que se têm batido contra a prática de praxes académicas e outras práticas boçais e grosseiras que hoje continuam a ocorrer no contexto do ensino superior em Portugal".

As praxes ”devem ser combatidas por todos, estudantes, professores e, muito especialmente, por todos os responsáveis por instituições politécnicas e universitárias, independentemente do local da ocorrência", defendeu o ministro, citado pela agência Lusa, acrescentando a necessidade de “corresponsabilização” das instituições quanto às praxes organizadas  "não só dentro das instalações mas de uma forma geral”.

Manuel Heitor recordou que o sistema que recebe as denúncias de praxes está disponível na Direção Geral do Ensino Superior e que todos os processos terão como destino o Ministério Público “porque hoje temos de considerar isso como um crime”.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade

Comments

Engraçado que este senhor não teve a sua formação académica em Portugal. Quanto mais vejo este fenómeno mais me apercebo que aqueles que quanto mais falam contra a "Praxe" menor é o seu contacto pessoal com o fenómeno.

A linha de pensamento é fantástica... e hilariante:
"Por causa de um punhado de maus exemplos vamos acabar com o todo". (generalizando)

Por essa linha de pensamento temos que acabar com os hospitais, com a política, com o sistema judicial... estão cheios de maus exemplos... Perante esse pano de fundo a "Praxe" até não é assim tão má em comparação.

Contra abusos devemos ser todos contra, defendendo a Praxe Académica ou não. Há quer defender todos os direitos que cada um tem como cidadão.

Não deixo de achar piada aos comentadores de ocasião que falam mundos contra a "Praxe" mas nunca participaram nela. Vejo isso como algo semelhante a alguém dizer que não gosta de bosta sem nunca ter provado.

"Não deixo de achar piada aos comentadores de ocasião que falam mundos contra a "Praxe" mas nunca participaram nela. Vejo isso como algo semelhante a alguém dizer que não gosta de bosta sem nunca ter provado."

Hmm.... okaaay....

Add new comment