Está aqui

Breves

Jerusalém: Israel quer construir “estação Trump” junto ao Muro Ocidental

Segundo a Associated Press (AP), o ministro dos Transportes, Yisrael Katz, que também coordena os serviços secretos de Israel, pretende construir um túnel por baixo da Cidade Velha de Jerusalém. Para o epicentro espiritual do conflito israelo-palestiniano, Katz prevê uma estação com o nome de Donald Trump.

O projeto, que visa estender a linha ferroviária de alta velocidade de Jerusalém, ligando Telavive ao Muro Ocidental, pressupõe a construção de um túnel de três quilómetros de extensão, e de duas estações subterrâneas.

O governante israelita, citado pela AP, alegou que este projeto permitiria aos visitantes de Jerusalém chegarem "ao coração do povo judeu – o Muro das Lamentações e o Monte do Tempo".

“Decidi nomear a estação do Muro das Lamentações em homenagem ao presidente dos EUA, Donald Trump, pela sua decisão corajosa e histórica de reconhecer Jerusalém como a capital do povo judeu e de Israel", frisou Katz em comunicado.

 

Timor-Leste: Tribunal tira Davide Justino da prisão preventiva

16 de Janeiro 2018

O português acusado de ajudar o casal Tiago e Fong Fong Guerra a sair de Timor Leste foi libertado por decisão do tribunal que alterou a medida de coação aplicada a si e a um cidadão timorense, Natalino Varia. Davide Damião Justino estava preso desde dezembro e sempre negou todas as acusações. A sua transferência para o bloco prisional dos reclusos condenados e a violência de que foi vítima nos primeiros dias de detenção levaram familiares e amigos a alertar o governo português para a sua situação e para a falta de empenho da representação diplomática em Díli. No início do mês, o deputado José Manuel Pureza questionou o Ministério dos Negócios Estrangeiros, instando o governo a fazer diligências para “garantir que todos os direitos fundamentais deste cidadão português foram e serão respeitados”.

Autarca do Funchal recusa responder ao parlamento regional

16 de Janeiro 2018

O presidente da Câmara do Funchal voltou a recusar estar presente na audição parlamentar sobre a tragédia do Monte, em que morreram 13 pessoas devido à queda de uma árvore durante as festas religiosas. Paulo Cafôfo alega que o tema está a ser instrumentalizado politicamente e rejeita “qualquer agenda partidária sem regras, sem respeito e sem limites procure fazer aproveitamento duma situação tão trágica, desrespeitando as vítimas da tragédia, enquanto procura interferir na acção da Justiça”. Em declarações ao esquerda.net, o deputado regional Roberto Almada, afirmou que “não obstante o facto dos executivos camarários serem fiscalizados, nos termos da Lei, pelas respetivas Assembleias Municipais, o Bloco considera que o Presidente da Câmara do Funchal deveria ter ido ao parlamento madeirense prestar todos os esclarecimentos suscitados pelos deputados. Não nos revemos na sistemática recusa em prestar esclarecimentos perante o primeiro órgão de governo próprio da região, um desrespeito pelo principal órgão da autonomia".

"PSD deve vender a alma ao diabo para pôr a esquerda na rua"

Ferreira Leite: "PSD deve vender a alma ao diabo para pôr a esquerda na rua"

15 de Janeiro 2018

Depois de Rui Rio o ter afirmado durante a campanha eleitoral interna, Manuela Ferreira Leite defende que o PSD deverá viabilizar um governo do PS e tudo fazer para afastar o Bloco de Esquerda e o PCP.

Em entrevista à TSF, esta segunda-feira, Ferreira Leite comentou a recente vitória de Rui Rio sobre Santana Lopes, na presidência do PSD, e também as suas declarações sobre a viabilização de um futuro governo do PS, caso o partido venha a perder as próximas eleições legislativas. A antiga presidente do PSD elogiou Rio por este ter sido claro nos objetivos do partido: "Da mesma forma que o Bloco de Esquerda e o PCP têm vendido a alma ao diabo, exclusivamente com o objetivo de pôr a direita na rua, eu acho que ao PSD lhe fica muito bem se vender a alma ao diabo para pôr a esquerda na rua".

Confrontada pelos jornalistas com estas declarações, Catarina Martins respondeu que “somos um país ainda muito desigual, com problemas no SNS, com pensões ainda muito baixas, salários muito desiguais e muita precariedade; mas, há uma coisa que sabemos, o país está melhor desde que foi possível uma solução diferente do empobrecimento quotidiano que a direita prometia”.

Bloco questiona governo sobre situação do português detido em Timor

7 de Janeiro 2018

Davide Damião Justino está detido preventivamente desde meados de dezembro por suspeita de colaboração na fuga do casal Tiago e Fong Fong Guerra, um caso que provocou tensão diplomática entre Lisboa e Díli. Transferido para o bloco dos reclusos condenados, foi vítima de agressões e os familiares criticam a falta de ação da representação diplomática portuguesa. Davide nega as acusações e alega que apenas detém 10% numa empresa turística que vendeu um barco, que terá sido posteriomente usado na fuga do casal. O deputado bloquista José Manuel Pureza questionou na sexta-feira o Ministério dos Negócios Estrangeiros, manifestando “apreensão” com as notícias acerca do estado de Davide Damião, e instando o governo a fazer diligências para “garantir que todos os direitos fundamentais deste cidadão português foram e serão respeitados”.

Foto de Paulete Matos.

Alterações ao Alojamento Local vão ser discutidas na especialidade

5 de Janeiro 2018

Os cinco projetos de lei dos diferentes partidos referentes ao Alojamento Local, discutidos no plenário desta sexta-feira, baixaram à Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação, sem votação.

No final do debate em plenário, na Assembleia da República, todos os partidos optaram por enviar os diplomas para serem discutidos na especialidade, por um prazo de 60 dias. Foram debatidos cinco projetos de lei – do Bloco de Esquerda, PCP, PAN, PS e PSD – que promovem alterações na legislação sobre o Alojamento Local (AL).

A abrir o debate esteve o deputado do Bloco Pedro Soares, que começou por lembrar os números do AL, nomeadamente, o facto de o setor “ter mais do que quadruplicado nos últimos três anos”, com um impacto “positivo para a economia”.



Porém, Pedro Soares defendeu que o problema do AL “não está no crescimento ou no aumento do turismo”. O “verdadeiro drama” é estar “sem regras” e a “contribuir para que o acesso à habitação seja cada vez mais difícil para cada vez mais pessoas”, disse, referindo-se sobretudo aos grandes centros urbanos, como Lisboa e Porto, e acrescentando que tal situação leva à “diminuição da oferta e aumento brutal do preço da habitação”.

Islândia torna obrigatória igualdade salarial entre homens e mulheres

3 de Janeiro 2018

Entrou em vigor no início do ano a lei que obriga à igualdade salarial entre homens e mulheres para o desempenho das mesmas funções. A Islândia é o primeiro país do mundo a tornar ilegal o pagamento de salários superiores aos homens. A lei foi aprovada por unanimidade no ano passado e inscreve-se no objetivo da Islândia em erradicar a desigualdade salarial até 2020. As empresas islandesas com mais de 25 funcionários serão obrigadas a obter um certificado de igualdade salarial e serão multadas caso falhem o objetivo

Ano de 2017 é o segundo mais quente dos últimos 86 anos

31 de Dezembro 2017

O ano de 2017 é o segundo mais quente dos últimos 86 anos e está entre os quatro mais secos desde 1931 (todos ocorreram depois de 2000), revela o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O balanço climático preliminar do IPMA adianta que o ano de 2017 classifica-se como “extremamente quente” e o valor de temperatura média do ar será de mais 1.1 graus superior ao valor normal, correspondendo ao segundo ano mais quente desde 1931.

De acordo com o IPMA, o ano mais quente foi 1997, tendo os cinco anos mais quentes ocorrido nas últimas três décadas. Também este ano, a temperatura máxima, cerca de mais 2.4 graus superior ao valor normal, será a mais alta desde 1931. Já o valor médio de precipitação total anual será cerca de 60% do normal. “O período de abril a dezembro, com anomalias mensais de precipitação persistentemente negativas, será o mais seco dos últimos 87 anos”, lê-se no documento disponível na página IPMA, aqui.

Revista Science elege colisão de estrelas de neutrões como descoberta científica de 2017

31 de Dezembro 2017

A colisão das duas estrelas de neutrões, a 130 milhões de anos-luz de distância de nós, gerou ondas gravitacionais (ondulações no tecido espaço-tempo do Universo) e também emissão de luz, tudo detetado a partir da Terra.

A primeira observação da colisão de duas estrelas de neutrões foi eleita pela revista Science como a descoberta científica de 2017. As ondas gravitacionais, previstas há mais de cem anos pelo físico Albert Einstein, foram detetadas pela primeira vez em 2015, quando dois grandes buracos negros chocaram. A recente deteção das ondas a partir de uma colisão de estrelas de neutrões, no observatório LIGO, nos EUA, foi distinguida em 2017 com o Prémio Nobel da Física, atribuído aos cientistas Rainer Weiss, Barry Barish e Kip Thorne.



Em Agosto último, detetores de raios gama e radiotelescópios registaram a colisão das duas estrelas de neutrões, extremamente densas. Segundo um dos colaboradores da revista Science, Adrian Cho, o fenómeno, observado em todos os comprimentos de onda de luz, “foi o acontecimento mais estudado na história da astronomia”, tendo num só artigo científico, entre os vários publicados na altura do anúncio desta descoberta, 3674 investigadores de 953 instituições entre os seus autores.

Casino do Funchal - Foto wikimedia

Casino da Madeira: greve por tempo indeterminado

29 de Dezembro 2017

Trabalhadores da sala de jogos do Casino da Madeira estão em greve por tempo indeterminado, em luta por aumento de salários, que não são atualizados há três anos.

Segundo o Sindicato da Hotelaria e Similares, a adesão é de 70%.

À Lusa, a delegada sindical Lisandra Gouveia declarou: "o salário, que é 619 euros, não é atualizado há três anos e, feitos os descontos, fica abaixo do salário mínimo". Lisandra Gouveia diz que o objetivo é um aumento de 60%.

O sindicato está disponível para negociar com a administração da empresa, mas ainda não recebeu qualquer proposta.

A agência refere que a sala de jogos tradicionais do Casino da Madeira emprega 22 funcionários.

Greve dos trabalhadores dos registos e notariado com 90% de adesão

27 de Dezembro 2017

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Registos e do Notariado (STRN), "a greve nas primeiras horas da manhã de hoje teve uma adesão de cerca de 90 por cento, afetando, nomeadamente, os serviços de Lisboa e Porto, que estão praticamente parados".

O sindicato, que tem cerca de quatro mil associados, está em protesto contra a não inclusão das suas reivindicações no projeto de revisão das carreiras, criticando o Ministério da Justiça pela não inclusão de várias exigências, designadamente a licenciatura em Direito para ingresso na carreira dos Oficiais dos Registos.

Além disto, os trabalhadores reivindicam a manutenção da carreira pluricategorial dos oficiais, em três categorias. O STRN pretende ainda o reconhecimento dos oficiais dos Registos, que desempenham tarefas com "o grau de complexidade funcional 3", referindo que, desde sempre, os oficiais dos registos substituem os conservadores, cita a Lusa.

Esta greve de quatro dias, que começou esta quarta-feira e se prolonga até sábado, é também “um forte protesto” para que sejam resolvidos todos os problemas que constam da agenda sindical, nomeadamente condições de trabalho, abertura de concursos, acabar com as mobilidades, integração dos trabalhadores do notariado e adjuntos nas respetivas carreiras, falta de transparência e equidade.

Páginas