Está aqui

Breves

Exposição: Entre a pintura de Frida Kahlo e a música de Carmen Miranda

A vida e obra da artista Frida Kahlo (1907-1954) e da cantora Carmen Miranda (1909-1955) vão estar em foco numa exposição da artista Ana Mesquita que foi inaugurada esta quarta-feira, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em Lisboa, no âmbito do Dia Internacional da Mulher.

Intitulada "Frida Miranda", a exposição de arte digital de Ana Mesquita envolve-se na relação entre as duas criadoras no átrio, no Anphiteatro, no Laboratório Chimico e num antigo laboratório do museu. No evento, a artista plástica pretende celebrar a pintura de Frida Kahlo, e a música de Carmen Miranda, que depois de ter emigrado para o Brasil, ficou célebre pelas canções que interpretou.

Ana Mesquita formou-se em Design no Porto e foi aluna de mestres do desenho como Jaime Azinheira e Mário Bismark, e posteriormente dedicou-se à pintura, tendo exposto, pela primeira vez, na Galeria Work.Ink, na Cidadela de Cascais.

Itália: Lombardia e Veneto votam em referendo por mais autonomia

23 de Outubro 2017

Os referendos consultivos tiveram lugar este domingo e deram uma vitória esmagadora aos defensores de mais autonomia, com percentagens acima dos 95%. As duas regiões, que concentram um terço do PIB italiano, pretendem reduzir o “défice fiscal” – a diferença entre o que contribuem para o Estado e as transferências deste para a região – e devem agora avançar com negociações com o governo italiano. Apesar das comparações, os organizadores recusam semelhanças com a Catalunha. "Não temos nada a ver com a Catalunha. Queremos autonomia, mais poder, mais competências e um federalismo fiscal, não a independência”, afirmou à agência Efe Luca Zaia, o presidente da região de Veneto eleito nas listas da xenófoba Liga Norte, tal como o governador da Lombardia, Roberto Maroni. A participação eleitoral rondou os 60% em Veneto e os 40% na Lombardia.

Segunda-feira há greve na limpeza do Hospital de São Francisco Xavier

22 de Outubro 2017

Os trabalhadores e trabalhadoras da Safira, a empresa responsável pela limpeza do Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, vão fazer uma greve de 24h e uma concentração de protesto, na entrada principal do hospital, no próximo dia 23 de Outubro.

O trabalho desta pessoas é imprescindível para o funcionamento do hospital, mas o seu Contrato Coletivo de Trabalho não é respeitado, os feriados não são pagos como deveriam ser e os seus salários têm sofrido “cortes abusivos” todos os meses. Estas são as razões para uma nova greve de 24h. O protesto é convocado pelo Sindicato dos Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas, e atividades diversas (STAD). Mais informação aqui.

Incêndios: Meteorologia avisou que aquele seria “o dia mais perigoso do ano”

21 de Outubro 2017

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera avisou com 72 horas de antecedência que o passado domingo, 15 de Outubro, iria ser o dia mais perigoso do ano para a ocorrência de incêndios, mas alerta foi desvalorizado e a tragédia aconteceu mesmo.

Segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), todos os concelhos do continente, sem excepção, estavam em risco elevado de incêndio nesse dia e mais de metade em risco muito elevado ou mesmo máximo. Nunca tinha havido sequer uma previsão tão alarmante. Contudo, perante tal previsão, não foi decretado o estado de calamidade pública com efeitos preventivos, ao contrário do que aconteceu no fim-de-semana de 19 a 20 de Agosto, quando o Governo decidiu avançar com esta medida e assim mobilizar mais meios, avança o Expresso, na edição deste sábado.  

Também a fase de alerta máximo, a fase Charlie, não foi prolongada, depois de terminar, como habitualmente, a 30 de Setembro. Em resultado disso, no passado domingo estiveram disponíveis apenas 18 meios aéreos para combater um total de 524 incêndios. A Autoridade Nacional para a Proteção Civil ainda colocou todos os distritos do país em alerta vermelho, mas o anterior reforço de meios ordenado pelo Governo (aumentando para 6400 operacionais, mais 882 do que o previsto para a fase Delta, que entrara em vigor a 1 de de outubro), não foi suficiente. A própria porta-voz da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, já reconheceu que “teria sido benéfico ter tido mais meios aéreos”.

Tancos: Armas roubadas estavam a poucos quilómetros da base militar

18 de Outubro 2017

A Polícia Judiciária Militar anunciou ter recuperado o material de guerra furtado em junho dos Paióis Nacionais de Tancos. As armas, explosivos e granadas foram encontradas na região da Chamusca, a poucos quilómetros da base de Tancos, na sequência de uma denúncia anónima. Segundo o Expresso, uma fonte da investigação afirma que “foi encontrado praticamente tudo”, faltando apenas encontrar as munições desaparecidas.

Ministra da Administração Interna sai do governo

18 de Outubro 2017

Constança Urbano de Sousa apresentou o pedido de demissão, considerando a ausência de "condições políticas e pessoais" para continuar no cargo. O pedido foi aceite pelo primeiro-ministro. “Tendo terminado o período crítico desta tragédia e estando já preparadas as propostas de medidas a discutir no Conselho de Ministros extraordinário de dia 21 de outubro, considero que estão esgotadas todas as condições para me manter em funções”, afirma a ex-ministra na carta de demissão, esclarecendo que já tinha pedido a António Costa que a libertasse das suas funções logo após a tragédia de Pedrógão.

Trabalhadores do Minipreço em greve no dia 19 outubro

17 de Outubro 2017

Aumentos dos salários, horários “humanizados” e o fim do assédio moral estão entre as reivindicações que levam os trabalhadores e as trabalhadoras da Dia Portugal - Minipreço/Clarel à greve, estando ainda descontentes com a ausência de respostas da empresa. No mesmo dia, às 12h, está marcada uma concentração nacional de protesto, a partir das 12h, junto à sede da empresa, em Oeiras. A concentração terá a presença do Secretário-Geral da CGTP-IN, Arménio Carlos.

Segundo informa o Sindicato dos trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal (CESP), estes trabalhadores e as trabalhadoras reivindicam:
- Aumentos de salários para todos os trabalhadores e fim da discriminação salarial;
- Horários humanizados que permitam a conciliação da vida profissional e pessoal dos trabalhadores;
- A reclassificação dos operadores de armazém a e b em operadores de armazém de 2.ª, 1.ª e operador de armazém especializado;
- A reclassificação dos sub-encarregados e as 3.ª chefias, em operadores encarregados e operadores principais, respetivamente;
- Fim do assédio moral.

Estes profissionais estiveram em greve ao trabalho suplementar e ao trabalho normal em dia feriado, de Janeiro a Junho deste ano.

Cem anos de jazz para ouvir em Guimarães

Cem anos de jazz para ouvir em Guimarães

17 de Outubro 2017

Este ano, o mundo celebra os 100 anos decorridos desde a gravação do primeiro registo discográfico de jazz e este é o mote para a programação da 26ª edição do Guimarães Jazz 2017, que decorrerá de 8 a 18 Novembro.

O jazz tem as suas raízes nas comunidades afro-americanas de Nova Orleães, nos EUA, e as suas origens remontam ao final do século XIX e início do século XX, tendo-se desenvolvido a partir da cultura dos blues e do ragtime.

“Apesar da irrelevância do acontecimento em termos estritamente musicais, a gravação da Original Dixieland Jass Band corresponde, numa dimensão simbólica, à fundação de uma linguagem musical autónoma. A partir desse momento, a história do jazz mudaria para sempre, até porque a documentação em registo sonoro teve importantes implicações no desenvolvimento de uma música intrinsecamente volátil e que foi sempre, desde a sua génese, baseado na improvisação e na execução em tempo real”, indica a organização do festival.

Os concertos, as oficinas de jazz, as jam sessions e as animações musicais ocuparão o Centro Cultural Vila Flor e outros locais da cidade. Ver programa e informações aqui.

enfermeiros

Enfermeiros desconvocam greves marcadas para outubro

13 de Outubro 2017

A greve entre 23 e 27 de outubro, convocada pelo SIPE e o SE, afeto à UGT, foi desconvocada esta sexta-feira, após o governo ter aceitado iniciar a renegociação da carreira de enfermagem. De acordo com fontes sindicais ouvidas pela agência Lusa, as negociações devem ocorrer a partir do início da próxima semana. Entre as reivindicações dos dois sindicatos que constituem a Federação Nacional dos Sindicatos de Enfermagem (FENSE) está a “introdução da categoria de enfermeiros especialistas, nas especialidades criadas ou a criar”.

Diana Andringa

Diana Andringa entre as distinguidas com o prémio Maria Isabel Barreno

12 de Outubro 2017

O prémio de mérito foi entregue na terça-feira pelo governo a cinco autoras da cultura portuguesa: a soprano Elisabete Matos, a atriz Cristina Paiva, a pintora Paula Rego, a encenadora Mónica Calle e a jornalista Diana Andringa, que o dedicou a "todos os jornalistas que consideram que fazer jornalismo é uma forma de intervir na cultura e na cidadania e não criar conteúdos nem encher chouriços”.

87.5% dos jovens portugueses são a favor da eutanásia, aponta estudo

12 de Outubro 2017

Quando o assunto são direitos civis, os “millennials” portugueses partilham as opiniões dos espanhóis, franceses, ingleses ou norte-americanos, diz o estudo que a RH Consulting fez para a Associação Empresarial Portuguesa. Mais de 80% dos cinco mil jovens entre os 18 e os 34 anos, inquiridos naqueles cinco países, declaram-se a favor da eutanásia, dos direitos iguais para homossexuais e do aborto legal. Em Portugal, esse apoio é de 87.5%, 82.4% e 84.3%, respetivamente, diz a agência Lusa.

Páginas