Está aqui

Breves

Este fim-de-semana, há concertos em espaços exclusivos do Palácio de Mafra

Este fim-de-semana, há concertos em espaços exclusivos do Palácio de Mafra

"A III edição do In'Musica caracteriza-se pelas influências da música portuguesa nos séculos XVIII e XIX, um período de relevo para a cultura e história do concelho de Mafra e do próprio Palácio", referem a Câmara Municipal de Mafra e a Cultur'canto associação cultural, entidades que co-organizam o festival.

Associando a música histórica portuguesa, vocal e instrumental, a organização do festival pretende criar uma "experiência única" para os espetadores, ao relacionar a interpretação da música histórica portuguesa com a riqueza acústica das salas do palácio.

O concerto de abertura realiza-se esta sexta-feira, às 21h30, na Sala Elíptica, pelo trio composto pelas sopranos Ana Paula Russo e Ariana Moutinho Russo, e Sérgio Silva, no cravo, com um reportório de música portuguesa do século XVIII.

Os concertos são de acesso gratuito, mas limitados à lotação das salas. Mais informação sobre o programa e reservas, aqui.

Plenário da STCP nesta terça-feira

20 de Abril 2015

Os trabalhadores da Sociedade dos Transportes Coletivos do Porto (STCP) realizam plenário nesta terça-feira, 21 de abril, entre as 9.30 e as 13 horas, o que deverá levar à circulação de menos autocarros. O plenário é para, segundo a comissão de trabalhadores, "informar e auscultar os trabalhadores, relativamente à concessão do serviço [a privados], falta de motoristas, contratos precários, insegurança e formas de luta a adotar".

Os trabalhadores apontam que "o défice atual de motoristas que penaliza o Transporte Público de Passageiros, ficando no ano 2014 cerca de 100 mil viagens por efetuar, que se traduz em 14 dias sem serviço às populações, promovido pelo Conselho de Administração e Tutela".

Leia os artigos:

STCP: Política de destruição favorece interesses privados

Apocalipse dos transportes públicos

integrados no dossier:

Privatização dos transportes públicos - Um assalto ao país

Foto Matthijs Pontier/Twitter

Reitora que despejou ocupação estudantil em Amesterdão demite-se

20 de Abril 2015

Três anos após assumir a reitoria da Universidade de Amesterdão, Louise Gunning demitiu-se este domingo. Foi um dos principais alvos dos protestos estudantis que ocuparam o edifícios da Faculdade de Humanidades, Bungehuis, e da reitoria, Maadgenhuis, durante dois meses.

A reitora, agora demissionária, perdeu o apoio do grosso da comunidade universitária quando ordenou a expulsão dos estudantes em protesto. Entre as várias reivindicações dos estudantes, constavam a ampliação da democracia na universidade e o fim dos cortes na Faculdade de Humanidades.

Foto de Paulete Matos.

Portugal tem das piores taxas de abandono escolar da Europa

20 de Abril 2015

Espanha (21,9 por cento) é o o país da União Europeia com a mais elevada taxa de abandono escolar precoce, seguindo-se Malta (20,4 por cento), Roménia (18,1 por cento, Portugal (17,4 por cento) e Itália (15 por cento), informou esta segunda-feira o gabinete de estatísticas da União Europeia.

Segundo o Eurostat, Portugal foi o país que mais reduziu o indicador, sendo que os 17,4% do ano passado são menos de metade dos 38,5% de 2006.

Foto Anna Diamantopoulou/Flickr

Ex-ministro socialista foi à TV chamar “palhaço” a Varoufakis

19 de Abril 2015

Num debate televisivo, o deputado do PASOK Andreas Loverdos – uma das figuras de topo dos socialistas, tendo já ocupado os cargos de ministro do Trabalho, da Saúde e da Educação – afirmou que Yannis Varoufakis “é um palhaço que faz o papel de ministro das Finanças” e “um tipo que num dia diz uma coisa e no dia seguinte outra coisa diferente”. Segundo o portal Enikos, que publica o vídeo, o ex-ministro do governo da troika disse ainda que Varoufakis só ganhou fama internacional por prejudicar a Grécia.

Parlamento aprova proposta do Bloco sobre proteção das mulheres na maternidade e no emprego

17 de Abril 2015

O projeto que visa garantir igualdade de direitos entre homens e mulheres no que toca às licenças parentais e apoio aos filhos de forma a garantir a proteção das mulheres na maternidade foi aprovado com a abstenção de PS, PSD e CDS-PP e votos a favor das restantes bancadas. Bloquistas consideram que “diminuir a desigualdade nesta área pode ter impacto na precariedade e na instabilidade económica das mulheres e, logo, num aumento da taxa de fertilidade”.

Greve na Misericórdia de Lisboa afeta todos os serviços

17 de Abril 2015

A paralisação pelo aumento dos salários, sem atualização desde 2009, a adoção das 35 horas de trabalho semanal e investimentos nos equipamentos da ação social e contra o descongelamento das progressões está a afetar todos os serviços da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, segundo avança o Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais. Na quarta-feira, representantes dos trabalhadores e da Santa Casa reuniram-se para tentar desbloquear o impasse sobre as várias reivindicações, mas não se chegou a consenso.

Pilotos da PGA também aderem a greve de 10 dias

16 de Abril 2015

Tal como acontece com os pilotos da TAP, os trabalhadores da Portugália Airlines iniciam uma paralisação a partir de dia 1 de maio. A par de estar mandatado para emitir um pré-aviso de greve dentro de dois dias, o Sindicato dos Pilotos de Aviação Civil (SPAC) está ainda autorizado a "praticar todos os atos e desenvolver todas as atuações que entenda necessárias para manter a unidade dos pilotos da PGA".

Num comunicado emitido na semana passada, a direção do SPAC informou que "o processo negocial entre o SPAC, a TAP e a PGA, no âmbito do compromisso subsidiário do acordo ratificado com o Governo em 23 de dezembro de 2014 chegou a um impasse insanável, por motivos estritamente imputáveis à TAP, à PGA e ao Governo".

Ex-diretor geral do FMI e antigo vice-presidente espanhol detido por branqueamento de capitais

16 de Abril 2015

Rodrigo Rato, que chegou a ser o número dois de José María Aznar, foi detido esta quinta-feira por presumíveis delitos de branqueamento de capitais, fraude e apropriação indevida de bens. Sobre a detenção do ex presidente do Bankia, o líder do Podemos, Pablo Iglesias, afirmou na sua conta de twitter: "acaba assim o arquiteto do modelo que nos levou à ruína", sublinhando ainda que "a pressão cidadã faz funcionar a democracia".

A operação de detenção de Rodrigo Rato ocorreu depois de ter sido divulgado que o ex-diretor geral do FMI e antigo vice-presidente espanhol terá aproveitado a amnistia fiscal de 2012, aprovada pelo executivo de Mariano Rajoy, para regularizar o seu património e que a Agência Tributária estava a investigá-lo para indagar se teria havido branqueamento de capitais.

O ex diretor do FMI e antigo presidente do Bankia está ainda a ser investigado por ter usado e concedido abusivamente cartões de crédito a executivos e conselheiros do Bankia, com um prejuízo estimado de 16 milhões, no âmbito de um alegado esquema doloso de recompensas. Em 2010, Rato terá gasto 44.200 euros no seu cartão.

Obra de Eduardo Galeano disponível na net

15 de Abril 2015

A Telesur, televisão pública com sede em Caracas e financiada pelos governos de Argentina, Bolívia, Cuba, Equador, Nicarágua, Uruguai e Venezuela, acaba de disponibilizar gratuitamente na Internet a obra completa de Eduardo Galeano.

Os livros: “Días y noches de amor y de guerra”, “El libro de los abrazos”, “Las palabras andantes”, “Las venas abiertas de América Latina”, “Memoria del fuego I – Los nacimientos”, “Memoria del fuego II- Las caras y las máscaras”, “Patas arriba, la escuela del mundo al revés”, “Bocas del tiempo” e “Espejos, una historia casi universal” e o texto “Extraño "dictador" este Hugo Chávez”, foram disponibilizados pela Telesur a partir deste endereço:

http://www.telesurtv.net/news/10-Libros-para-descargar-de-Eduardo-Galeano-20150413-0018.html

Foto Paulete Matos.

Petição contra privatização da Carris, Metro, Transtejo e Soflusa

14 de Abril 2015

A Federação de Sindicatos de Transportes e Comunicações lançou a petição "Por melhores transportes públicos, travar as privatizações na Carris, Metro de Lisboa, Transtejo e Soflusa", que pode ser subscrita online aqui. A petição exige "o imediato cancelamento dos concursos para a subconcessão da Carris e do Metro de Lisboa, bem como dos que preparam para a Transtejo e a Soflusa" e acusa o governo de ter promovido "uma profunda degradação da qualidade e fiabilidade da oferta de transportes públicos, pelo maior aumento de sempre no preço dos transportes públicos e por uma ofensiva brutal contra os trabalhadores e reformados das empresas públicas de transporte". Esta semana há greve do Metro de Lisboa na sexta-feira, integrada numa jornada de luta do setor dos transportes que irá paralisar também a CP, CP Carga, Refer e EMEF na quinta-feira.

Páginas