Está aqui

Breves

Diana Andringa

Diana Andringa entre as distinguidas com o prémio Maria Isabel Barreno

O prémio de mérito foi entregue na terça-feira pelo governo a cinco autoras da cultura portuguesa: a soprano Elisabete Matos, a atriz Cristina Paiva, a pintora Paula Rego, a encenadora Mónica Calle e a jornalista Diana Andringa, que o dedicou a "todos os jornalistas que consideram que fazer jornalismo é uma forma de intervir na cultura e na cidadania e não criar conteúdos nem encher chouriços”.

Bosch obrigada a reintegrar trabalhador precário como efetivo

11 de Março 2015

Um trabalhador da Bosch Car Multimedia levou a empresa a tribunal, porque não aceitou ser sempre precário, intermitentemente despedido e de novo contratado. Segundo a CGTP, o Tribunal de Trabalho de Braga e o Tribunal da Relação do Porto decidiram condenar a Bosch, obrigando-a a reintegrar o trabalhador, como efetivo, e a pagar-lhe todos os salários e subsídios, relativos aos cerca de dois anos que decorreram desde a entrada do processo em tribunal.

Ivo Opstelten

Ministro da Justiça da Holanda demite-se por mentir ao Parlamento

10 de Março 2015

Ivo Opstelten deu informações falsas aos deputados quando explicou um pagamento feito pelo Estado a um barão da droga a quem a Justiça holandesa confiscara os bens. Sem conseguir provar que essas verbas eram provenientes da atividade ilícita, o Estado teve de devolver-lhe o dinheiro, mas o ministro mentiu ao Parlamento quando informou o montante do pagamento, dizendo ter significativamente inferior e escondeu também a documentação referente ao processo, dizendo que tinha sido perdida.

Imprensa italiana põe referendo ao euro na boca de Varoufakis

8 de Março 2015

O ministro das Finanças grego deu uma entrevista ao Corriere della Sera, que lhe deu o título “A UE não aceita o plano da Grécia? Então podemos convocar um referendo sobre o euro”. A imprensa internacional reproduziu o título sem ler a entrevista, onde a referência ao euro como tema de referendo surge entre parêntesis numa nota da edição (ver imagem). Fontes do governo de Atenas disseram ao diário Avgi que não é a primeira vez que as “clarificações” da imprensa às palavras de Varoufakis mudam por completo o sentido das palavras do ministro. Varoufakis admitiu a hipótese de haver novas eleições ou convocar um referendo para decidir o que fará a Grécia caso não consiga um acordo que inclua a restruturação da dívida através da emissão de títulos com juros ligados ao crescimento da economia.

Espanha: sondagem arrasa bipartidarismo

8 de Março 2015

Uma sondagem da Metroscopia publicada este domingo no El Pais coloca o Podemos à frente, com 22.5%, seguido do PSOE, com 20.2%. O PP surge em terceiro, com 18.6%, quase empatado com os Ciudadanos, que obtêm 18.4%. Mais afastados estão a Izquierda Unida (IU/ICV) com 5.6% e a UPyD com 3.6%. Os dois partidos que dominaram a paisagem política espanhola vêem-se agora reduzidos a 38.8% das intenções de voto e a margem que separa o primeiro do quarto partido é de apenas 4.1%, um dado inédito em Espanha. Na Andaluzia, em plena campanha eleitoral, duas sondagens dão a vitória ao PSOE com 33.1% (La Razón) e 35.9% (Joly), ainda longe da maioria absoluta. O PP atinge 28.2% e 30.7%, respetivamente, e o Podemos é a terceira força com 14.3% e 19.4% das intenções de voto.

Marisa Matias participa em fórum internacional na Argentina

7 de Março 2015

O Fórum Internacional pela Emancipação e Igualdade decorre entre 12 e 14 de março, é organizado pelo Ministério da Cultura da Argentina e conta com a presença de convidados internacionais como Noam Chomsky, Piedad Córdoba, Ignacio Ramonet, Cuauhtémoc Cardenas, Jean Luc Mélenchon, Paco Ignacio Taibo II, Leonardo Boff, Gianni Vattimo, entre muitos outros. A eurodeputada bloquista intervém num debate com a ativista estudantil e deputada comunista chilena Camila Vallejo, a presidente do parlamento equatoriano Gabriela Rivadeneira e o ministro da Economia argentino Axel Kicillof. Todas as conferências poderão ser acompanhadas em streaming direto aqui.

Tsipras à Der Spiegel: “A ameaça à Europa não vem do Syriza ou do Podemos, vem da extrema-direita”

7 de Março 2015

Nesta entrevista à revista alemã Der Spiegel, Tsipras volta a afirmar que não quer um novo resgate, mas sim uma “rede de segurança” que venha acompanhada de um programa para o crescimento e não para a austeridade. O primeiro-ministro grego promete avançar com reformas que têm sido adiadas há décadas, como a luta contra a fuga ao fisco, e recusa privatizações que só servem para alimentar o “buraco negro da dívida”. Quanto às necessidades de financiamento da Grécia em março, Tsipras insiste na emissão de obrigações a curto prazo, que o BCE recusa, confiando que “ninguém vai arriscar a desintegração da Europa por causa de 1.6 mil milhões de euros”.

Lista de devedores à Segurança Social ficou indisponível

7 de Março 2015

O Bloco de Esquerda denunciou esta sexta-feira que o acesso à lista de devedores da Segurança Social ficou indisponivel na última semana, constando apenas a informação de que se encontra em atualização. "Não descurando a possibilidade de existência de um problema técnico, não deixa de ser surpreendente face aos recentes acontecimentos, que a lista de devedores à Segurança Social esteja indisponível para consulta neste momento", diz o Bloco de Esquerda no requerimento entregue ao ministro Mota Soares, a quem pede justificações para o estranho “apagão” da lista de devedores.

Arábia Saudita executou 39 pessoas desde o início do ano

5 de Março 2015

A Amnistia Internacional denuncia a aplicação da pena de morte na Arábia Saudita, a um ritmo sem precedentes. Nesta quinta-feira, foi executada a 39ª pessoa desde o início do ano. A Amnistia lembra também o caso do blogger Raif Badawi, condenado a 1.000 chicotadas e 10 anos de prisão e aponta outros factos brutais no reino saudita.

Auditoria forense culpa Ricardo Salgado de gestão ruinosa

5 de Março 2015

A auditoria forense ao Banco Espírito Santo, pedida pelo Banco de Portugal à consultora Deloitte diz que Salgado é responsável por atos de gestão ruinosa e desobediência ao BdP, informa o Jornal de Negócios.

PJ detém dois responsáveis da Segurança Social

4 de Março 2015

Está em curso uma operação da Polícia Judiciária e do DIAP (Departamento Central de Investigação e Ação Penal) de combate à corrupção. Os dois responsáveis da Segurança Social de Lisboa são suspeitos de vender declarações falsas a empresários, atestando que essas empresas não têm dívidas à Segurança Social.

Páginas