Está aqui

Breves

87.5% dos jovens portugueses são a favor da eutanásia, aponta estudo

Quando o assunto são direitos civis, os “millennials” portugueses partilham as opiniões dos espanhóis, franceses, ingleses ou norte-americanos, diz o estudo que a RH Consulting fez para a Associação Empresarial Portuguesa. Mais de 80% dos cinco mil jovens entre os 18 e os 34 anos, inquiridos naqueles cinco países, declaram-se a favor da eutanásia, dos direitos iguais para homossexuais e do aborto legal. Em Portugal, esse apoio é de 87.5%, 82.4% e 84.3%, respetivamente, diz a agência Lusa.

Cerco ao Bairro 6 de Maio em curso

1 de Fevereiro 2017

O Bairro 6 de Maio na Amadora foi cercado, na manhã desta quarta-feira, devido a uma operação policial da PSP e da PJ.

Foram realizadas pelo menos 21 buscas domiciliárias e foram detidas cerca de sete pessoas.

São "suspeitos de participar em assaltos violentos na Amadora, nomeadamente nos transportes públicos e roubos na rua", disse o Intendente Luís Pedro da PSP da Amadora, de acordo a TVI 24.

As intervenções policiais no bairro são recorrentes e resultaram já em feridos graves, incluindo crianças e bebés em 2011.

CGTP evoca 40 anos do Congresso de Todos os Sindicatos

27 de Janeiro 2017

Este fim de semana passam 40 anos desde a realização do Congresso de Todos os Sindicatos, entre 27 e 30 de janeiro de 1977 no Pavilhão dos Desportos, em Lisboa. No site da CGTP, a efeméride é evocada como “uma das maiores, senão a maior realização de natureza sindical jamais promovida no nosso país em torno de questões e concepções sindicais”. O Congresso é um marco da história da central sindical, que aí definiu as suas linhas programáticas e adotou o nome de Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional.

Argelinos que fugiram do aeroporto absolvidos pelo tribunal

27 de Janeiro 2017

Pequena Instância Criminal de Lisboa absolveu Hichem Guellil e Mohamed Mechani dos crimes de atentado à segurança de transporte e introdução em lugar vedado ao público, e teceu duras criticas ao Ministério Público, à atuação “desastrosa” das forças policiais e à ANA.

Segundo o tribunal, não poderia ter existido a acusação de atentado à segurança de transportes, dado que não existiu qualquer queixa da entidade supostamente prejudicada, a ANA. Na verdade, a empresa reconhece, inclusive, que os dois homens não perturbaram qualquer voo. Também não existiu introdução em lugar vedado ao público, dado que o local por onde fugiram não cumpria esses critérios.

O julgamento decorreu na ausência dos arguidos, já que os mesmos foram repatriados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) para o país de origem.

Parlamento aprova projeto bloquista sobre assédio moral no trabalho

27 de Janeiro 2017

A proposta do Bloco de Esquerda foi aprovada com os votos contra de PSD e CDS-PP. Foram ainda aprovados projetos do PCP, PAN e PS sobre esta matéria, sendo que, este último, mereceu a abstenção dos partidos de direita.

Veja a apresentação, por parte do deputado José Soeiro, do projeto de lei bloquista que cria um novo regime jurídico para combater o assédio no local de trabalho:
"Assédio moral tem consequências devastadoras para quem trabalha"

HSBC: Deslocalização provoca despedimento de 380 trabalhadores

25 de Janeiro 2017

Um cenário “devastador” é como os sindicatos qualificam o processo de encerramento de agências e despedimento de trabalhadores anunciado pelo banco HSBC que está a transferir as operações para países que praticam salários mais baixos. O banco anunciou vai fechar 117 agências e despedir 380 trabalhadores, em 2017, no Reino Unido. Os postos de trabalho na área das tecnologias de informação estão igualmente a ser transferidos para países como a Índia, a China e a Polónia, onde as pessoas podem realizar o mesmo trabalho por salários mais reduzidos.

Combate às alterações climáticas apagado do site da Casa Branca

20 de Janeiro 2017

A transição da administração Obama para o recém empossado presidente obrigou a mudanças no site da Casa Branca. E com elas desapareceu a página dedicada às alterações climáticas (agora apenas disponível no arquivo da internet), que incluía informações e o Plano de Ação Climática. O novo site apenas refere as alterações climáticas na página dedicada à energia, na qual Donald Trump se compromete a eliminar esse mesmo plano. 

Guilherme Boulos foi libertado

18 de Janeiro 2017

Guilherme Boulos, do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) foi libertado devido à pressão de diversas organizações políticas e ativistas que lhe manifestaram a sua solidariedade e exigiram a sua libertação, noticiou o site esquerda online.

Boulos foi preso sob a alegação de desobediência civil tendo as autoridades policiais alegado que a sua prisão se ficava a dever a vídeos que foram gravados durante as manifestações de repúdio a Michel Temer no ano passado quando o movimento que lidera se dirigiu até à casa do presidente.

Artistas recusam participar na tomada de posse de Trump

14 de Janeiro 2017

Donald Trump não vai ter artistas internacionais na tomada de posse que decorrerá no próximo dia 20 de janeiro, restando-lhe contar com a presença de algumas músicos country nacionais. Desde que começaram os preparativos para a cerimónia, vários artistas recusaram participar na mesma, manifestando o seu desacordo com as política do futuro Presidente norte-americano.

Jorge Gomes, secretário de Estado da Administração Interna

Almaraz: Secretário de Estado ignora ameaça nuclear

13 de Janeiro 2017

Se houver algum acidente ou derrame em Almaraz, Portugal incorre numa enorme ameaça. O rio que refrigera a central é o Rio Tejo, que, em caso de derrame, arrastaria o material radioativo para Portugal, que se espalharia pelos lençóis freáticos. Por outro lado, se houvesse uma explosão na central, a radiação seria libertada para a atmosfera e, como os ventos predominantes são na direção de Espanha para Portugal, o nosso território também seria muito afetado. No entanto, ignorando estes dados, Jorge Gomes, secretário de Estado da Administração Interna, nesta quinta feira na SIC Notícias anunciou que Portuga não incorria em nenhum perigo, porque o raio de evacuação é de 30km.

Almaraz é uma central nuclear envelhecida, cujo tempo de vida útil terminou em 2010 e fica localizada a 100 km da fronteira com Portugal, no Rio Tejo. Na data em que deveria ter fechado portas, o Ministério da Indústria e do Comércio espanhol concedeu uma autorização para que continuasse a funcionar por mais dez anos. Em 2020, a Unidade I e Unidade II da central, as suas partes mais antigas, terão 39 e 37 anos de funcionamento, uma duração que coloca a central no período de segurança degradada. O parlamento português já reconheceu o perigo que ela representa e aprovou, por unanimidade, duas resoluções a exigir o seu encerramento.

Campo de Refugiados em Moria, Grécia

Refugiados sem proteção contra a neve na Grécia

7 de Janeiro 2017

O ano novo não trouxe boas novas para os refugiados internados em campos na Grécia. O ativista da Aministia Internacional, Giorgos Kosmopoulos, visitou o campo em Moria, na ilha de Lesbos, e o que encontrou viola a dignidade humana no que ele considera ser uma “consequência direta” do acordo entre a União Europeia e a Turquia. 

 

Páginas