Está aqui

Moisés Ferreira

Dirigente do Bloco de Esquerda. Psicólogo e mestrando em Psicologia da Formação Profissional e Aprendizagem ao Longo da Vida. Cabeça de lista do Bloco pelo círculo eleitoral de Aveiro

Artigos do Autor(a)

26 de Novembro, 2015 - 18:32h

Defendemos o alargamento das técnicas de procriação medicamente assistida (PMA) para todas as mulheres.

18 de Setembro, 2015 - 14:54h

Queremos continuar o caminho da austeridade que destruiu as nossas vidas ou queremos ir por um novo caminho?

22 de Abril, 2015 - 00:20h

Temos experiência suficiente para saber que os argumentos da direita portuguesa para justificar as privatizações não são válidos e que as virtudes propaladas nunca se concretizaram depois de privatizações. As empresas não se tornaram maiores e melhores e os seus clientes nunca ficaram melhor servidos. Por Moisés Ferreira.

17 de Abril, 2015 - 19:50h

Temos experiência suficiente para saber que os argumentos da direita portuguesa para justificar as privatizações não são válidos e que as virtudes propaladas nunca se concretizaram depois de privatizações. As empresas não se tornaram maiores e melhores e os seus clientes nunca ficaram melhor servidos. Por Moisés Ferreira.

25 de Março, 2015 - 15:07h

Os bancos começaram a cobrar todo o tipo de comissões que a sua imaginação é capaz de criar. A esmagadora maioria das comissões não se justifica, são apenas e só uma forma de colocar os clientes bancários a pagar pelos maus resultados dos bancos nos últimos anos.

18 de Agosto, 2014 - 00:06h

O controlo público da banca é a solução para prevenir novas crises. A solução do Governo é sugestivamente muito consonante com os novos slogans do BES: 'One day you will regressar de vez'.

27 de Julho, 2014 - 12:22h

Sejamos sinceros: depois dos casos BPN, BPP, BCP e agora com o caso BES, não estaremos já em condições de dizer que o sistema, como está, é desenhado exatamente para que estes casos aconteçam? Logo, há que alterar o sistema; não basta regulá-lo.

22 de Julho, 2014 - 12:14h

O presidente boliviano promulgou uma lei que permite que uma criança possa, legalmente, começar a trabalhar por conta própria aos 10 anos. Ou seja, considerou que o trabalho infantil era uma realidade e que continuava a ser necessário. Considerou mal e a Bolívia acabou por aprovar uma lei e um princípio que é um retrocesso.

25 de Maio, 2014 - 14:28h

Um Passeio na Noite é um conto de um autor sul africano – Alex La Guma. Passa-se durante o apartheid e segue de perto as voltas do dia a dia de trabalhadores negros.

3 de Abril, 2014 - 01:58h

Parece a imagem dos mais recentes discursos de Passos Coelho sobre salários que, aparentemente, entram em choque com o que o FMI diz sobre o salário mínimo nacional. Polícia bom, polícia mau? Possivelmente.

Páginas