Está aqui

Luísa Cabral

Bibliotecária reformada da função pública. Candidata do Bloco de Esquerda nas eleições legislativas de 2015, pelo círculo eleitoral de Lisboa.

Artigos do Autor(a)

4 de Novembro, 2016 - 10:13h

Invocar permanentemente com azedume que a Função Pública é um regabofe, é clara e completamente despropositado.

7 de Outubro, 2016 - 11:32h

Os acontecimentos em matéria de cultura dos últimos dias tornam ainda mais urgente algumas perguntas.

11 de Setembro, 2016 - 11:05h

Os incêndios não são a única razão que tornaram este num Verão muito quente, demasiado.

20 de Agosto, 2016 - 13:41h

Depois dos 60 não se está a mais. Pelo contrário, pode-se ser uma mais valia assim se queira.

5 de Agosto, 2016 - 09:50h

Uma entrevista sábia que nos deixa no limite do suportável. Um nim respaldado no esplendor das sedas da Viscondessa de Menezes.

16 de Julho, 2016 - 00:13h

Não é tempo de cedências. Cada passo atrás queima uma oportunidade. Pelo contrário, cada pequena conquista dá-nos mais força.

17 de Junho, 2016 - 11:15h

Podemos avançar, sim, mas depende em grande parte da nossa capacidade de propor. De querer, de termos um pensamento inconformado.

19 de Maio, 2016 - 23:25h

O governo ganhou a confiança dos cidadãos porque cortou com o estilo autoritário da governação anterior. Porquê, então, ignorar os contribuintes da ADSE quando se planeiam alterações significativas? O desprezo indicia autoritarismo e os cidadãos, mesmo os que não são contribuintes da ADSE, não se iludem.

8 de Maio, 2016 - 10:36h

Vários episódios que revelam como o fingimento e o desvirtuamento da memória perturbam a leitura dos dias e acomodam o branqueamento. Três apontamentos para reequacionar a força política da memória contra toda e qualquer tentativa de apagão.

15 de Abril, 2016 - 21:55h

A recente mudança na cultura constitui uma oportunidade para reequacionar os problemas do setor dando algum protagonismo a questões que as mais das vezes permanecem atrás do cenário. Na verdade, elas merecem um lugar entre As luzes da ribalta.

Páginas