Está aqui

Ana Drago

Dirigente do Bloco de Esquerda, socióloga.

Socióloga. Membro da comissão política do Bloco de Esquerda. Deputada na legislatura de 2002-2005, no regime de rotatividade, foi eleita em 2005 e reeleita em 2009. Renunciou ao mandato de deputada, por razões pessoais, a partir de 31 de agosto de 2013.

Artigos do Autor(a)

8 de Setembro, 2013 - 00:30h

Ana Drago participou na Comissão Parlamentar de Inquérito dos Swaps, como deputada do Bloco de Esquerda. Neste texto descreve os principais acontecimentos e as conclusões políticas essenciais.

13 de Agosto, 2013 - 17:37h

António Costa, mesmo embalado pelas sondagens que lhe são favoráveis, apresenta apenas o que já tem. E isso é, creio, insuficiente.

23 de Maio, 2013 - 17:04h

O Governo insiste em fabricar novos desempregados, novos pobres, empresas falidas, jovens sem futuro. Mas para a banca o Governo enviou, com açúcar, com afeto, 5.600 milhões de euros. Mais do que os 4 mil milhões que dizem agora ser imperativo cortar.

14 de Abril, 2013 - 23:36h

Perante o acórdão do Tribunal Constitucional, o Governo amuou, Passos Coelho ameaçou, Miguel Relvas demitiu-se mas continuou Ministro, e Vitor Gaspar resolveu vingar-se da administração pública. A semana política fica marcada pela imagem de um Governo embrulhado na crise política e social que semeou.

4 de Abril, 2013 - 16:50h

A concessão dos Estaleiros do Mondego revela uma negligência que não seria admissível numa qualquer república das bananas.

12 de Dezembro, 2012 - 15:32h

Os episódios que compõem o processo guiado pelo governo nesta história dava um Manual: “como fazer truques orçamentais e negócios ruinosos para o interesse público em meia dúzia de lições”. Autoria: Pedro Passos Coelho, Vítor Gaspar e Álvaro Santos Pereira.

29 de Novembro, 2012 - 16:14h

Talvez o primeiro-ministro entenda que gastos com prestações sociais, investimento na educação e gastos de saúde são má despesa pública. Talvez pense que devíamos gastar tudo em rotundas, submarinos e estoirar fundos comunitários na formação de centenas de trabalhadores de aeródromos que não operam.

30 de Outubro, 2012 - 01:02h

O Orçamento que o Governo apresentou à AR, ou melhor, o que pelo menos uma parte do Governo apresentou, não pode ser cumprido. Todos os ministros sabem que nenhuma previsão bate certo. É um Orçamento de Estado suicidário, apresentado por um governo a prazo.

17 de Outubro, 2012 - 18:12h

O Orçamento que o Governo apresentou à AR, ou melhor, o que pelo menos uma parte do Governo apresentou, não pode ser cumprido. Todos os ministros sabem que nenhuma previsão bate certo. É um Orçamento de Estado suicidário, apresentado por um governo a prazo.

17 de Maio, 2012 - 16:02h

Não são os gregos que ameaçam o euro. A ameaça ao euro é a intransigência de Merkel e dos seus clones, ao impor o sacrifício coletivo dos povos europeus para proteger os ativos do sistema financeiro.

Páginas