Está aqui

Regulação dos clubes sociais de canábis em debate na Catalunha

Nesta edição do podcast Quatro e Vinte, damos notícia das conclusões do relatório anual europeu sobre drogas, da autoria do Centro Europeu de Monitorização das Drogas e Toxicodependências, uma das agências europeias com sede em Lisboa. Leia aqui o relatório sobre Portugal.

No resto da atualidade, o destaque vai para a iniciativa legislativa promovida pelas associações de consumidores de canábis na Catalunha, que vai a debate no dia 28 de junho e pretende acabar com a situação de insegurança jurídica dos mais de 500 clubes sociais catalães.

Também olhamos para o estudo de uma consultora sobre o perfil dos consumidores de canábis na Califórnia e no Colorado, que desfaz os estereótipos associados aos utilizadores da planta. Em vez de preguiçosos e apáticos, o estudo revela que os consumidores de canábis têm mais estudos e maiores rendimentos que o resto da população, concluindo também que o bem-estar pessoal, a atividade ao ar livre e o voluntariado são maiores entre quem consome canábis.

Num outro estudo que teve como alvo a população escolar na universidade estadual do Oregon, estado que legalizou a canábis recreativa em 2015, conclui-se que o consumo só aumentou nos jovens “binge drinkers”, habituados a consumir muito alcool em pouco tempo. Os estudantes que não estavam interessados em consumir canábis não passaram a consumi-la por ser legal, conclui ainda este estudo publicado na revista Addiction.

Por falar em universidade, já existe um curso dedicado à canábis e às suas finalidades terapêuticas e cosméticas. É na Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Nacional da Colômbia, em Bogotá, e arranca este verão.

Clique aqui para ouvir o podcast

Para não perder nenhum programa, subscreva o podcast via iTunes (link is external) ou RSS (link is external).

Termos relacionados Quatro e Vinte

Adicionar novo comentário