Está aqui

Comunidade

Paulo Portas, o amigo do MPLA e da miséria angolana

25 de Agosto, 2016 - 12:17h

A Mota-Engil é uma das empresas com mais negócios e interesses estratégicos em Angola. De uma forma sumária, explica-se, assim, a influência que tem, hoje, Paulo Portas em Angola, o seu convite para o Congresso e a sua cumplicidade com o MPLA. Artigo de Rafael Pinheiro.

Foto de Paulete Matos

Transportes Públicos de Lisboa: Reflexões de um utente

26 de Julho, 2016 - 15:50h

Deixo aqui a minha opinião, baseada na minha experiência, sobre os transportes públicos de Lisboa e a falta de respeito da companhia pelo passageiro. Por João Baeta Neves.

Os trabalhadores não docentes têm sido alvo das mais variadas derivas neoliberais dos governantes, cujo resultado final tem sido a sua desvalorização - Foto de Paulete Matos

Os profissionais da educação não docentes são indispensáveis ao processo educativo

6 de Julho, 2016 - 11:56h

O sistema educativo reconhece que não se pode deixar de ter em conta que os profissionais da educação não docentes constituem um fator indispensável ao sucesso deste. Por José Lopes.

A solidão da patrulha, na multidão de feirantes

4 de Julho, 2016 - 21:04h

29 de Abril. É dia de mercado, o tempo continua primaveril. Vamos às compras. Saint-Denis é mais do que um mercado. Por Liberato Fernandes.

Paris 31 de Março. Movimento estudantil e sindical associados

O Coração da Europa em tempo de crise - Greve Geral

23 de Junho, 2016 - 15:45h

28 de Abril é dia de greve. Greve é uma palavra de origem francesa, como outras, com grande significado político. Esta greve tem uma causa laboral e política forte: opõe-se ao projeto de lei do trabalho. Por Liberato Fernandes.

Saint Denis – De pé, contra a nova lei do trabalho e o estado de emergência

16 de Junho, 2016 - 00:33h

Na hora em que jantamos, no centro de St Denis está a iniciar-se uma “Nuit Debout”. Traduzem-nos: para Noite de Pé, espécie de assembleias populares que se estão a realizar todas as semanas, desde março do corrente ano nas principais cidades francesas. Por Liberato Fernandes.

Saint Denis possui uma das basílicas góticas mais antigas da Europa

Paris – O coração da Europa em tempos de crise

14 de Junho, 2016 - 22:50h

Estas crónicas, do dia-a-dia em Paris na última semana de Abril e na primeira do mês de Maio, não pretendem revelar a profundidade da situação política, de crise, vivida em França. Simples diário de viagem, em cada uma das crónicas procuro ver, para além da fachada dos monumentos. Por Liberato Fernandes.

Voltar às 35 horas é na verdade repor o que já existia até ter sido posto em causa pelo governo PSD/CDS

35 horas não são uma provocação mas sim uma conquista

12 de Junho, 2016 - 18:08h

Ao contrário do que afirma Miguel Sousa Tavares, repor as 35 horas de trabalho semanal na administração pública, é apenas e só, fazer justiça. Por José Lopes.

Escolas privadas, hospitais privados e os pobres privados... de educação e saúde

26 de Maio, 2016 - 13:46h

Os partidos de direita, confinados à oposição balofa de uma Cristas em busca do populismo perfeito e de um Passos perdido na falta de memória de inaugurações enquanto primeiro-ministro e até depois de deixar de o ser, já têm a sua causa grande: a defesa dos colégios privados contra as limitações legais aos contratos de associação. Artigo de Carlos Vieira e Castro.

Desvantagens das apps de serviços de transporte/táxi

19 de Maio, 2016 - 12:26h

Não, esta não é a revolução cor de rosa na mobilidade urbana. É, no essencial, a flexibilização total e desregulada das relações de trabalho em mais um setor de atividade, à semelhança do que vem acontecendo em muitos outros. Artigo de Miguel Figueiredo.

“Será então de perguntar, a que fartura se refere João Duque? É à fartura de escândalos de corrupção de fuga às finanças ou branqueamento de capitais, como os “papéis do Panamá” e offshores, que se tornaram tão banais?” - Imagem de publicdomainpictures.net

Exercício para uma verdade “confusion”

9 de Maio, 2016 - 16:18h

Será de perguntar a que fartura se refere João Duque? Por José Lopes

Temos um sistema científico dependente de estágios não remunerados?

3 de Maio, 2016 - 10:34h

Os estágios não remunerados são a última grande moda da precariedade laboral, que persegue principalmente os mais jovens, e a área científica não é exceção. O sistema cientifico está repleto de obstáculos e incongruências que impedem grande parte dos alunos de seguirem uma carreira na área da Ciência. Artigo de Inês Bom, estudante de biologia e dirigente estudantil.

Nuances camufladas de municipalização da Educação

6 de Março, 2016 - 15:21h

No combate a que o ministério da Educação se manifesta disponível, a Escola Pública não pode estar à mercê de políticas contraditórias, como as estimuladas pelo Contrato Interadministrativo de Delegação de Competências, designado por municipalização da Educação. Por José Lopes.

‘Legalize’ os direitos

24 de Fevereiro, 2016 - 15:30h

O debate em torno das drogas leves tem sido feito à volta do ‘se faz bem ou mal a saúde’. A meu ver, tem sido feito de forma errada, devendo ser feito, antes, em torno do ‘pode ou não pode consumir’. Artigo de Miguel Ângelo Ferreira de Jesus

Desempregados e ofendidos

22 de Fevereiro, 2016 - 15:44h

Há 385 mil desempregados que não recebem qualquer apoio estatal, que não têm dinheiro para pagar a renda da casa, a eletricidade, a água, o gás, as telecomunicações, o médico, o vestuário e o calçado e - pasme-se - o supermercado. Por Maria de Baledón

Refugiados: combater o preconceito

17 de Fevereiro, 2016 - 12:37h

Refugiados. Esta palavra parece assustar muitas pessoas. Talvez seja a falta de consciência e informação da realidade desta crise. Artigo de Rosalina Silva, estudante do Ensino Superior.

Investigações à morte de Pablo Neruda

12 de Janeiro, 2016 - 23:46h

As investigações à morte de Pablo Neruda despertam-me releitura de algumas páginas do livro “Paula” de Isabel Allende. Artigo de José Lopes

Buracos sem fundo na banca

29 de Dezembro, 2015 - 11:31h

Os cíclicos buracos sem fundo na banca continuam com o beneplácito da Comissão Europeia a absorver escandalosamente os já escassos recursos dos contribuintes. Artigo de José Lopes.

O desnorte da direita

13 de Novembro, 2015 - 21:32h

No caso de haver um Governo de gestão – e, diga-se, no caso da privatização da TAP feita deste modo, e neste tempo – estamos perante um crime de abuso de poder. Artigo de Vasco Barata, jurista.

Humanos ou não-humanos, somos todos seres sencientes

2 de Novembro, 2015 - 15:57h

A prática de atos de violência contra animais é a prática de violência contra humanos. Não é de todo o meu objetivo começar este texto por humanizar os animais, mas sim, falar sobre a dignidade de vida que merecem. Artigo de Eliana Dias

O voto só é útil se contribuir para mudar

2 de Outubro, 2015 - 14:44h

Mudar o quê? Mudar a natureza do poder, rejeitando o governo ao serviço duns poucos: dos que detêm o capital financeiro e dos que mandam no país, na Europa e no Mundo... Por Francisco Liberato Fernandes

Tudo o que eu queria era poder votar

1 de Outubro, 2015 - 23:04h

Tudo o que eu queria, era poder votar. Desde que me mudei para o Reino Unido, em 2011, que perdi eleições. Nunca antes tinha faltado ao meu direito de voto. Contudo, estar no estrangeiro e votar é complicado. Por Joana Santos.

Felizmente temos memória!

30 de Setembro, 2015 - 10:54h

Ainda que nos queiram tratar como indigentes sem memória, não podemos deixar de manifestar profunda indignação perante a encenação cínica, protagonizada por uma maioria que se uniu no governo para aplicar a mais dura política austeritária sobre o povo português. Artigo de José Lopes.

Que parte de mim ponho nisto?

24 de Setembro, 2015 - 08:45h

Parece impossível que alguém possa sentir-se feliz porque trabalha, um ato que até então era tão natural como o simples respirar. Sem perspetivas de continuidade que parte de mim ponho nisto? Por Maria de Baledón

#solidariedade de verdade

16 de Setembro, 2015 - 14:59h

Quando a lamechice e a pedinchice se substitui ao Estado que deveria ser, através do SNS e dos seus serviços de Segurança Social, o garante da proteção dos mais desfavorecidos, isso cria-me repulsa. Artigo de Maria de Baledón

Páginas