Está aqui

Supremacistas brancos criam estado de emergência na Virgínia

O governador do estado de Virgínia, nos EUA, decretou o estado de emergência depois de manifestantes supremacistas brancos terem atacado opositores anti-racistas a caminho da concertação fascista marcada para este sábado, batizada de "Unite the Right".
Contramanifestação da organização Black Lives Matter. Foto do Twitter Black Lives Matter.
Contramanifestação da organização Black Lives Matter. Foto do Twitter Black Lives Matter.

A concentração das organizações fascistas dos supremacistas brancos, saudosistas nazis, membros da Ku Klux Klan, ativistas da alt-right e demais grupos da extrema-direita norte-americana foi marcada após a remoção de uma estátua do general sulista da Guerra da Secessão dos EUA, Robert E. Lee, na cidade universitária de Charlottesville, no estado da Virgínia, Estados Unidos.

O estado de emergência foi decretado após confrontos provocados pelos manifestantes neonazis a caminho do Lee Park, para onde estava marcado o encontro dos supremascistas brancos. Muitos manifestantes dos grupos de extrema-direita foram para a manifestação armados e empunhando bandeiras e cartazes contra as políticas de imigração do país, exigindo a possibilidade de terem o controlo dos estados sulistas.

David Duke, ex-líder do Ku Klux Klan e um dos organizadores do encontro dos supremacistas, esteve também em Charlottesville e declarou que se está a “cumprir as promessas de Trump”.

A violência e os cânticos de ódio eram dirigidos aos muitos grupo de contra-manifestantes, que se organizaram para impedir o acesso ao encontro dos manifestantes supremacistas no Lee Park, na baixa da cidade de Charloteville.

Na sexta-feira, já tinha acontecido um encontro noturno de cerca de mil manifestantes empunhando tochas e bandeiras nacionalistas no campus da Universidade da Virgínia. Cantaram cânticos fascistas, como “sangue e solo" e "um povo, uma nação, acabem com a imigração".

Segundo a estação de televisão americana CNN, dos confrontos de sexta-feira e deste sábado de manhã resultaram dois feridos e várias detenções. 

Termos relacionados Internacional

Adicionar novo comentário