Está aqui

Mulheres israelitas e palestinianas marcham pela paz

Organizada pela Women Wage Peace, a marcha foi em direção à costa do rio Jordão como protesto contra os colonatos judaicos e pela exigência de um acordo de paz negociado. 
Fonte: Democracynow.org
Fonte: Democracynow.org

Organizada pela Women Wage Peace, a marcha foi em direção à costa do rio Jordão como protesto contra os colonatos judaicos e pela exigência de um acordo de paz negociado, e atravessou o deserto até ao ponto de reunião na “Tenda da Paz”.

As últimas rondas de negociação entre Israel e a Palestina, lideradas pelo ex-Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, colapsaram em 2014 e, poucos meses depois, Israel atacou Gaza novamente. Foi após a guerra de 2014 que o grupo Women Wage Peace foi criado. 

Vivian silver, do movimento, declarou ao Democracy Now que “estamos a organizar as mulheres de todo o país, de todo o espectro político, para dizer Basta, não estamos dispostas a fazer isto”. E acrescentou que “devemos chegar a um acordo político. Devemos alterar o paradigma que nos venderam durante sete décadas, quando nos disseram que apenas a guerra traria a paz. Já não cremos nisso, e ficou demonstrado que não é verdade”. 

Termos relacionados Internacional

Adicionar novo comentário