Está aqui

Minas de Aljustrel: Trabalhadores em greve a partir desta quarta-feira

Os trabalhadores das minas de Aljustrel, no Alentejo, promovem uma paralisação entre quarta-feira e domingo para exigirem melhores salários, horários e condições de saúde e segurança no trabalho, e o respeito pelo direito à negociação.
A greve nas minas de Aljustrel, no distrito de Beja, vai começar às 6h desta quarta-feira e terminar às 8h30 de domingo.

Reunidos em Plenário na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM), no dia 18 de novembro, e mediante a ausência de negociações, os trabalhadores das minas de Aljustrel decidiram avançar para uma greve.

Em causa está a luta pela “melhoria dos salários e demais matérias de expressão pecuniária”, pela “melhoria das condições de saúde e segurança no trabalho”, pela “humanização dos horários de trabalho na lavaria” e pela “normalização das relações de trabalho na empresa, contra a repressão sobre os trabalhadores”. Protestam ainda “pelo direito à negociação e pelo reconhecimento do sindicato representativo dos trabalhadores”.

A greve nas minas de Aljustrel, no distrito de Beja, vai começar às 6h desta quarta-feira e terminar às 8h30 de domingo. A paralisação abrange os trabalhadores da empresa concessionária das minas, a Almina - Minas do Alentejo, e das outras duas empresas que prestam serviços no complexo mineiro, a EPDM - Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro e Urmáquinas.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Sociedade

Adicionar novo comentário