Está aqui

Manifestação contra tourada na Figueira da Foz

Nesta sexta-feira, vai realizar-se, a partir das 20 horas, uma manifestação contra as touradas no concelho, promovida pelo movimento de cidadãos "Figueirenses Anti-Tourada". O Bloco de Esquerda concelhio também se opõe à tourada e apoia todas as ações de protesto.
Manifestação é convocada pelo movimento cívico “Figueirenses Anti-Tourada”
Manifestação é convocada pelo movimento cívico “Figueirenses Anti-Tourada”

Para esta sexta-feira, 11 de agosto, está marcada uma tourada na Figueira da Foz, organizada em parceria com a RTP, intitulada “53ª Grande Corrida TV”.

Em oposição à realização da tourada, um grupo de cidadãos da Figueira da Foz, lançou a iniciativa “Figueira Anti-Tourada” e convoca uma concentração, a partir das 20 horas desta sexta-feira, na Praça da Europa (Relógio de Sol), junto à Câmara Municipal. Após a concentração, seguir-se-á uma marcha, que segundo o site Foz ao Minuto, percorrerá a cidade até às imediações do Coliseu Figueirense, ficando em protesto durante a realização do evento tauromáquico.

Segundo o “Foz ao Minuto”, o movimento “Figueirenses Anti-Tourada”, que não tem qualquer conotação partidária, defende a abolição das práticas tauromáquicas na Figueira da Foz, procurando que se torne um município "livre de touradas, como já aconteceu em Viana do Castelo". O movimento critica o facto de as touradas “usufruírem de financiamento, promoção e mediatismo, por parte de entidades públicas”. Com a ação de protesto, o movimento pretende “manifestar a sua indignação contra um ato bárbaro de tortura animal, que não encontra qualquer justificação ética e moral em pleno século XXI” e defende “uma sociedade justa, pautada pelo respeito entre todos os homens e com compaixão e respeito pelos animais e natureza”.

À agência Lusa, João Peneda do movimento “Figueirenses Anti-Tourada” afirma: "Este é um movimento civil no seu estado mais ouro, não há uma organização por detrás, não há uma força partidária. Mas queremos exercer pressão para tentar abolir as touradas, pelo menos aqui na Figueira".

"De certa forma, espero que seja um acordar para que quem vive na Figueira da Foz mostre que não está interessado em manter este tipo de práticas que são para uma minoria, porque nem são para quem cá vive. A tourada é para turistas e gente de fora e temos tanta coisa para oferecer a quem nos visita, não precisamos de touradas", salienta ainda João Peneda.

Bloco concelhio opõe-se à realização de touradas

A concelhia da Figueira da Foz do Bloco de Esquerda também se manifestou nesta quinta-feira contra a realização de touradas no concelho e declarou que apoia “todas as manifestações pacíficas” contra a corrida de touros marcada para esta sexta-feira.

Em comunicado, a concelhia bloquista defende: "As touradas são espetáculos vetustos repudiados pela generalidade dos jovens e pela sociedade, que felizmente têm vindo a perder espetadores e que constituem um mau exemplo para crianças e jovens do que deveria ser a nossa relação com os animais e com a natureza".

“Existem formas mais inteligentes de preservar todas as expressões culturais associadas à criação de touros, bem como inúmeras formas de preservar esta espécie no nosso país, que não passam por um espetáculo em que se espicaça e se humilha um dos mais belos animais do nosso território”, sublinha ainda o documento.

Termos relacionados Sociedade

Comentários

Estamos com a luta dos figueirenses contra as touradas e desejamos que o exemplo de Viana do Castelo seja seguido, seja na figueira, em Mira ou onde for. A exploração e humilhação dos animais tem de ser combatida.

Adicionar novo comentário